quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Todo Dia Com Paz

Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus
(João 1:12).

A CONVERSÃO DE MOODY

Como um rapaz de 17 anos de idade, Dwight L. Moody mudou-se para Boston, em 1854, para viver com seu tio, um próspero sapateiro, e trabalhou para ele.
Naquele tempo, ninguém poderia imaginar que Moody se tornaria um pregador conhecido em todo o mundo. O que se segue é como ele descreveu sua atitude naqueles anos: "Eu pensava que era melhor esperar para se tornar um cristão quando chegasse a hora de morrer. Eu acreditava que se sofresse de tuberculose ou alguma outra doença crônica teria tempo suficiente para me tornar cristão. Até então eu queria aproveitar os prazeres do mundo."
Mas Moody havia prometido a seu tio que ele iria participar das reuniões da igreja e da classe bíblica regularmente, e os sermões baseados na Bíblia do pastor deixaram uma impressão sobre ele. Seu professor de classe bíblica, Edward Kimball, também teve muito trabalho com ele. No entanto, Moody estava ciente de que havia muito em sua vida que precisava mudar, se ele se tornasse um cristão. Mais tarde, ele disse: "Quando eu vim para Cristo, foi uma grande luta para mim render a minha própria vontade à vontade de Deus".
Isso acabou por acontecer quando seu professor de classe bíblica visitou-o inesperadamente um dia. Moody estava apenas organizando sapatos numa prateleira quando Kimball entrou, colocou as mãos nos ombros de Moody e o encorajou a entregar-se a Cristo. Não tinha como Moody escapar deste amoroso, mas urgente apelo. Ele entregou sua vida prontamente ao Senhor Jesus Cristo. A duradoura alegria pelo perdão de seus pecados e a felicidade de viver sua vida com Cristo fez Moody perceber quão tola sua hesitação tinha sido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doações para manutenção

Banco Bradesco
Ag. 1804-0 c/c 00585785

Banco Bradesco
Ag.1804-0 conta poupança 1008973-5