terça-feira, 13 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



13 de Novembro

"Eis que te acrisolei, mas disso não resultou prata; provei-te na fornalha da aflição."Isaías 48.10
Deus permite que nós, como cristãos, freqüentemente experimentemos provações inconcebivelmente pesadas neste mundo. A única explicação para isso nos dá o profeta Isaías. Da minha vida pessoal eu poderia relatar experiências incompreensíveis e dificuldades que ninguém entenderia. Mas nosso fiel Senhor me consolou, consolou minha família vez após vez, me fortaleceu e encheu de confiança. Através de todas as coisas ruins, Ele permitiu que víssemos luzir Sua radiante glória, como a Bíblia fala dos heróis da fé em Hebreus 11.
Na passagem acima, temos uma explicação para os profundos sofrimentos pelos quais os filhos de Deus muitas vezes têm que passar: para perseverar na fé, como Jó, e assim outros serem aperfeiçoados conosco. Ou em outras palavras: para que por meio da fé comprovemos que, pelo Senhor e no Senhor, temos plena suficiência, como descreve o salmista: "Quem mais tenho eu no céu? Não há outro em quem eu me compraza na terra. Ainda que a minha carne e o meu coração desfalecem. Deus é a fortaleza do meu coração." Dessa maneira, em meio a grandes dificuldades, você experimentará uma profunda alegria e uma profunda paz!

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



12 de Novembro

"...No Senhor, o vosso trabalho não é vão." 1 Coríntios 15.58
Temos que compreender muito mais profundamente o que significa o trabalho ‘no Senhor’, pois só assim nosso trabalho tem valor eterno. Trabalhar ‘no Senhor’ não quer dizer simplesmente correr, extenuar-se, gastar-se, mas manter a ligação vital com Deus sob todas as circunstâncias. Essa passividade em Jesus é a maior atividade divina, atividade dinâmica! Quantas vezes as Escrituras nos dizem que o Senhor quer agir por meio de nós! Então, o que você deve fazer? Confiar unicamente nEle: "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará."
Ele, o Senhor, quer conduzi-lo inequivocamente em todas as coisas. Mais uma vez pergunto: o que você deve fazer? Resposta: "Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas."
Ele quer lutar por você com seus adversários e com o inimigo que o ameaça. O que você deve fazer? "O Senhor pelejará por vós, e vós vos calareis." Afinal, quando você se aquietará interiormente? Somente então você de fato experimentará a força que vem do Senhor: "...na tranqüilidade e na confiança [está] a vossa força."

Pérolas Diárias



12 de Novembro

"...No Senhor, o vosso trabalho não é vão." 1 Coríntios 15.58
Temos que compreender muito mais profundamente o que significa o trabalho ‘no Senhor’, pois só assim nosso trabalho tem valor eterno. Trabalhar ‘no Senhor’ não quer dizer simplesmente correr, extenuar-se, gastar-se, mas manter a ligação vital com Deus sob todas as circunstâncias. Essa passividade em Jesus é a maior atividade divina, atividade dinâmica! Quantas vezes as Escrituras nos dizem que o Senhor quer agir por meio de nós! Então, o que você deve fazer? Confiar unicamente nEle: "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará."
Ele, o Senhor, quer conduzi-lo inequivocamente em todas as coisas. Mais uma vez pergunto: o que você deve fazer? Resposta: "Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas."
Ele quer lutar por você com seus adversários e com o inimigo que o ameaça. O que você deve fazer? "O Senhor pelejará por vós, e vós vos calareis." Afinal, quando você se aquietará interiormente? Somente então você de fato experimentará a força que vem do Senhor: "...na tranqüilidade e na confiança [está] a vossa força."

domingo, 11 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



11 de Novembro

"...Embora sendo Filho, aprendeu a obediência pelas cousas que sofreu." Hebreus 5.8
Se quisermos obter vitória no dia-a-dia, precisamos estar dispostos a nos tornar obedientes. E isso deve proceder de uma decisão do fundo do coração. Se dou um sim sincero para o Senhor, se a qualquer preço faço o que Ele pede, Ele manifesta a Sua vontade através de mim. Olhemos para o Senhor Jesus: qual foi a base da Sua ilimitada vitória? Seu segredo foi a Sua obediência! Muitos não chegam à obediência prática porque ainda não se tornaram obedientes em seu coração. Devemos refletir muito bem diante do Senhor: quero fazer realmente, a qualquer preço, o que Deus quer? Assim, a vitória se seguirá à obediência. A obediência, portanto, é uma decisão interior que, depois, se manifesta exteriormente. O que o Senhor Jesus disse antes de subir à cruz, antes até de ter se tornado carne, estando ainda na eternidade? "Eis aqui estou... agrada-me fazer a tua vontade." A decisão por parte do Filho de Deus já havia sido tomada na eternidade, antes da fundação do mundo. Sua vinda a esta terra foi a execução da vontade de Deus. É importante que reconheçamos claramente o que significa obediência. Obediência significa fazer a vontade de Deus, só assim Ele pode operar através de nós ilimitadamente!

sábado, 10 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



10 de Novembro

"Quem há entre vós que tema ao Senhor, e ouça a voz do seu Servo que andou em trevas sem nenhuma luz, e ainda assim confiou em o nome do Senhor e se firmou sobre o seu Deus?" Isaías 50.10
Aqui é descrita a experiência das pessoas que temem ao Senhor e obedecem à voz do Seu Servo – Jesus Cristo. Todos aqueles que seguem ao Senhor em verdade, forçosamente são provados quanto à autenticidade do seu discipulado, sendo conduzidos por trevas de tempos em tempos. Ele, o bom pastor, fala de Suas ovelhas: "Depois de fazer sair todas as que lhe pertencem, vai adiante delas, e elas o seguem porque lhe reconhecem a voz." Mas dos simples ouvintes lemos: "...mas eles não compreenderam o sentido daquilo que lhes falava." Hoje também muitas pessoas não compreendem que profundezas maravilhosas nos abre nosso bom Pastor quando nos fala. Esse é um mistério! Se você assume a seguinte posição de fé: "Embora haja trevas ao meu redor e dentro de mim, quero escutar a voz do Senhor e confiar na Sua firme direção", então exclame com o salmista: "Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo: a tua vara e o teu cajado me consolam."

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



8 de Novembro

"Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada." João 14.23
Aqui o Senhor fala do maior e mais profundo mistério: através do Espírito Santo, o Pai e o Filho fazem "morada" numa pessoa que ama a Deus. Você abre a porta do seu coração, e de repente encontra o próprio Senhor morando nele! Certamente é isso que quer dizer Provérbios 8.17: "Eu amo os que me amam; e os que de madrugada me buscam me acharão" (ERC). Esse "buscar de madrugada" nos diz que Deus quer ser o primeiro em nossa vida, que buscar o Senhor deve ter a maior prioridade em nosso coração. "Buscar de madrugada" também fala dos que buscam o Senhor de manhã cedo, na primeira hora da manhã. Imagine isso: o Deus triuno, o Pai e o Filho através do Espírito Santo querem fazer "morada" num homem mortal! Se você ama a Deus e guarda a Sua Palavra, podendo assim ser uma morada para o Senhor, a questão mais importante agora é a seguinte: o Senhor realmente mora em sua vida? O Senhor se alegra quando pode falar aos que O procuram: "Vinde e vede! Aqui eu moro!" Deus pode apontar para você e dizer que tem morada em sua vida? Ele se sente em casa em seu coração?

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



7 de Novembro

"Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou." Gênesis 1.27
Deus quer que o homem siga o caminho da perfeição para que outra vez possa se tornar semelhante a Deus. Pois quando Deus havia terminado de criar o homem, Ele mesmo se via refletido nesse primeiro homem: "Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom." Os primeiros seres humanos devem ter sido de uma beleza fora do comum, mas, pelo pecado, eles perderam essa imagem de Deus. Por isso, Deus enviou Seu Filho unigênito a fim de salvar o homem caído do pecado e transformá-lo outra vez na Sua imagem. Quando uma pessoa reconhece o quanto é pecadora, e recebe em seu coração a Jesus Cristo, que carregou todos os pecados de todas as pessoas na cruz do Calvário e as reconciliou com Deus, acontece a maravilha que está descrita em João 1.12: "Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; a saber: aos que crêem no seu nome." A partir desse momento, o Espírito Santo opera nessa pessoa o desejo cada vez mais forte: "Eu gostaria de me tornar como Jesus!" Esse é o caminho da perfeição! Pois quando chegarmos ao alvo e estivermos com Jesus – e ansiamos por isso – "...seremos semelhantes a ele, porque havemos de vê-lo como ele é."

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



6 de Novembro

"Combate o bom combate da fé." 1 Timóteo 6.12
O bom combate da fé só é compreendido corretamente e exercitado por poucos. A grande maioria dos crentes combate, mas não corretamente. Paulo especifica:"Igualmente o atleta não é coroado, se não lutar segundo as normas." O fato de lutarmos não é o mais importante, mas que lutemos corretamente! Combater corretamente significa combater tendo um alvo em mente, tentando alcançar um objetivo. Contudo, para podermos combater o bom combate de maneira efetiva precisamos primeiro conhecer nosso inimigo ou nossos inimigos. Precisamos estar conscientes de que os verdadeiros inimigos não são pessoas de carne e sangue, como nos diz Efésios 6.12: "...porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e, sim, contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes." Por isso considerar pessoas como nossos verdadeiros inimigos é uma atitude infantil, pois as forças motrizes da mentira humana, da deslealdade e do ódio sempre têm os poderes das trevas por trás. Mas o Senhor Jesus venceu e tirou o poder do inimigo do homem na cruz do Calvário. Sua vitória é a nossa vitória! Por isso, o bom combate da fé consiste em não lutarmos mais por nós mesmos, mas partindo da vitória conquistada por Jesus!

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



5 de Novembro

"Enganoso é o coração, mais do que todas as cousas, e desesperadamente corrupto, quem o conhecerá? Eu, o Senhor, esquadrinho o coração..." Jeremias 17.9-10
A questão da natureza do coração é decisiva em relação à eficácia que a Palavra de Deus tem em nós. Freqüentemente não conhecemos o nosso próprio coração, mas o Senhor o conhece!
Devemos questionar a maneira com que recebemos a Palavra de Deus em nós. Será que você e eu tiramos teimosia, desânimo e pecado do nosso coração antes de nos dispormos para receber Sua Palavra? Tiago 4.7-8 nos exorta: "Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração." Essas são as quatro coisas que o Senhor exige de nós. Peço-lhe que observe a seqüência das ordens acima e obedeça-as, caso contrário você se iludirá ao receber a Palavra de Deus. Primeiro: resista ao inimigo em nome de Jesus. Segundo: aproxime-se de Deus. Terceiro: purifique-se pelo precioso sangue do Cordeiro. Quarto: santifique seu coração inconstante.
Se você proceder dessa maneira, o terreno do seu coração estará preparado como o Senhor Jesus o descreve na parábola do semeador. Caso não o fizer, você estará se enganando a si mesmo. Tiago 1.26 adverte: "...enganando o próprio coração, e sua religião é vã."

domingo, 4 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



4 de Novembro

"Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade: porém não useis da liberdade para dar ocasião à carne; sede, antes, servos uns dos outros, pelo amor." Gálatas 5.13
Quando lemos o versículo bíblico acima, a questão da nossa vocação está respondida. Para o que somos vocacionados como filhos de Deus? Para a liberdade! Paulo reafirma isso em Romanos 8.21: "...a própria criação será redimida do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus." Uma pessoa que nasce de novo se liberta da escravidão do pecado e alcança a gloriosa liberdade dos filhos de Deus. Eles são livres da culpa, tornam-se filhos e filhas do Deus vivo, livres. Mas Paulo também chama a atenção para o mau uso dessa liberdade, pois ela de fato pode ser usada abusivamente:"...porém não useis da liberdade para dar ocasião à carne." O que, pois, devemos fazer com essa maravilhosa liberdade em Jesus Cristo? Podemos retê-la simplesmente vivendo para nós mesmos? A resposta clara a essa pergunta é não! A liberdade que temos por meio do Senhor deve ser submissa ao Espírito Santo. Não somos nós, portanto, que dispomos da nossa liberdade a nosso bel-prazer, mas o Espírito de Deus!

sábado, 3 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



3 de Novembro

"Senhor, tu sabes todas as cousas, tu sabes que eu te amo." João 21.17
As perguntas do Senhor sempre revelam o que está dentro de nós. Se o Senhor lhe perguntar hoje: "...tu me amas?", e você permitir que essa pergunta entre em seu coração, de repente você notará que Ele tocou um ponto em você que há muito estava adormecido, e você se comove. Então, do fundo do seu coração, irrompe a verdade, que há muito tempo estava soterrada: "Sim, Senhor, eu te amo porque tu me amaste primeiro." Quando Pedro foi questionado dessa maneira, começou a se dar conta do quanto amava ao Senhor. Para ele foi como que uma revelação quando reconheceu isso, e disse cheio de emoção: "Senhor, tu sabes todas as cousas..."
Com que paciência, determinação e tato o Senhor lidou com Pedro. Ele havia traído o Senhor e, ao mesmo tempo, por puro medo e covardia amaldiçoou-se a si mesmo! O Senhor nunca faz perguntas antes que tenha chegado o tempo oportuno para isso. Muito provavelmente um dia, talvez hoje mesmo, Ele chegue bem perto de você, olhe para você e – sem mencionar os pecados que você cometeu – lhe pergunte: "...tu me amas?"

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



2 de Novembro

"...Eu também o amarei e me manifestarei a ele." João 14.21
Seja o que for que tenha acontecido em sua vida, seja quais forem os pecados que você cometeu – se você, como Pedro outrora, disser hoje a Jesus: "Senhor, tu sabes todas as cousas, tu sabes que eu te amo", então Ele se revelará a você. O problema por que você, como filho de Deus, não é cheio do Espírito Santo é porque o Senhor Jesus ainda não pôde se revelar em sua vida. Existe um grande número de pessoas que crê sinceramente em Jesus Cristo, mas até hoje lhe falta a revelação do próprio Senhor. É certo que quem nEle crê experimenta o Seu poder de vitória. Mas aqui chegamos a um ponto mais profundo: aquele que demonstra o seu amor ao Senhor por meio da obediência à Sua Palavra, a essa pessoa Deus se revela! E se o próprio Deus se revelar a você, isso não acontecerá para seu proveito próprio. Antes pelo contrário, você recebe do Senhor a tarefa de transmitir a outros essa revelação. Pedro escutou o chamado: "Apascenta os meus cordeiros... Apascenta as minhas ovelhas!" No caso de Pedro, vemos como o amor germina e cresce. Mas o amor de Deus é eterno, pois o próprio Deus é o amor. Quando ficamos cheios do Espírito Santo, Ele nos une com Deus por meio de Cristo e assim Seu amor é implantado em nossa vida e começa a crescer.

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Pérolas Diárias



1 de Novembro

"Invoca-me, e te responderei; anunciar-te-ei cousas grandes e ocultas, que não sabes."Jeremias 33.3
Que segredo profundo é o poder sem limites da oração! Tenho receio de falar sobre isso, pois me sinto incapaz de descrever com palavras humanas o poder infinito que Deus revela às pessoas que oram.
Por que oramos? Primeiro, porque Deus, o Pai, nos exorta a isso: "...invoca-me no dia da angústia: eu te livrarei, e tu me glorificarás." Temos angústias em nossa vida, e o Senhor ouve o clamor do nosso coração. Porém, existe uma angústia interior que obrigatoriamente toma conta de nós quando nos aprofundamos na Palavra e a lemos em espírito de oração. E em meio a essa angústia ouvimos a exortação do Pai: "...invoca-me no dia da angústia." Em segundo lugar, oramos porque Deus, o Filho, nos estimula a orar: "Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á." Ele, o Filho de Deus, nos impulsiona a intensificar nossa vida de oração. Pois o "pedir" é uma atitude amena, "buscar" já é um pedido mais sério e insistente, e "bater" significa avançar à presença de Deus, até que Ele abra a porta do santuário para nós.

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



31 de Outubro

"E disseram um ao outro: Porventura não nos ardia o coração, quando ele pelo caminho nos falava, quando nos expunha as Escrituras?" Lucas 24.32
O mais penoso para um filho de Deus é quando não entende mais o proceder de Deus. Foi isso o que aconteceu com esses discípulos que caminhavam juntos de Jerusalém a Emaús. Ambos estavam profundamente abalados. Jesus – segundo o ponto de vista deles – os havia decepcionado. Eles pensavam que Jesus fosse o Messias de Israel, mas não entendiam como Ele se deixara executar numa cruz. Por que Ele fez isso? Por que Ele não manifestou a Sua onipotência? Quando eles estavam conversando entre si sobre esse assunto, um forasteiro se juntou a eles. Eles derramaram todo o seu coração decepcionado e triste diante do Senhor que eles não reconheceram. Mas o que eles ouviram da boca desse estranho? Palavras cheias de compaixão? Não! Está escrito: "E, começando por Moisés, discorrendo por todos os profetas, expunha-lhes o que a seu respeito constava em todas as Escrituras." Mas ainda assim eles não se deram conta de que era o próprio Jesus que falava com eles. Só mais tarde, na ceia, eles O reconheceram. Os dois, que desconfiaram de seu Senhor, experimentaram que justamente no momento de grande decepção Jesus estava o mais próximo possível deles! Jesus não só foi como ainda é maior que tudo! Ele quer transformar também a nossa decepção numa alegria maravilhosa!

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



30 de Outubro

"E eis que, dentre a multidão, surgiu um homem, dizendo em alta voz: Mestre, suplico-te que vejas meu filho, porque é o único; um espírito se apodera dele e, de repente, grita e o atira por terra, convulsiona-o até espumar, e dificilmente o deixa, depois de o ter quebrantado." Lucas 9.38-39
Existem problemas familiares de todo tipo. Jesus, tanto no Seu tempo na terra como ainda hoje, é maior do que todos os problemas familiares. Isso o pai daquele rapaz atormentado pelo mal também sabia, e por isso veio a Jesus com sua aflição. Ninguém foi capaz de remediar sua aflição familiar, somente Jesus podia ajudar. E Ele ajudou! Ele "repreendeu o espírito imundo, curou o menino e o entregou a seu pai." Hoje Jesus também quer ajudar em todo problema familiar, seja ele causado por culpa própria ou de estranhos.
Em cada situação, fale com Jesus sobre o assunto; fale com Ele como fez aquele pai aflito. Se Ele não intervém imediatamente, não desanime. Continue falando com Jesus sobre os seus problemas familiares. Ele o ouvirá e, tocado por misericórdia, mais uma vez se mostrará como Aquele que é maior que tudo. Ele não o rejeitará, pois Ele mesmo disse: "...o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora."

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



29 de Outubro

"Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Parou Jesus e disse: Chamai-o. Chamaram então o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, ele te chama. Lançando de si a capa, levantou-se de um salto, e foi ter com Jesus." Marcos 10.48-50
O cego Bartimeu ouve Jesus de Nazaré passando, e começa a gritar com toda a força:"Filho de Davi, tem misericórdia de mim!" Esse clamor evidentemente incomoda o "mundo religioso", mas Bartimeu não perde a oportunidade, e grita mais alto ainda. O que provoca este clamor tão profundo do seu coração? Jesus está em silêncio. Ele o cura no mesmo instante? Ele afasta a cegueira imediatamente? Por enquanto não, mas o anima amavelmente para que lhe conte todo o seu problema. Jesus lhe pergunta: "Que queres que eu te faça?", mesmo sabendo que Bartimeu é cego. Isto nos mostra que nós também devemos dizer nossos desejos de maneira bem concreta a Jesus. O Senhor quer que digamos a Ele exatamente o que queremos e desejamos, mesmo que Ele já saiba tudo o que se passa em nossa vida e em nosso coração, e o que esperamos dEle. Quando Bartimeu lhe apresentou seu desejo: "Mestre, que eu torne a ver", Jesus intervém imediatamente e lhe diz: "Vai, a tua fé te salvou. E imediatamente tornou a ver, e seguia a Jesus estrada fora."

domingo, 28 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



28 de Outubro

"Tendo Jesus saído do templo, ia-se retirando... Ele, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra, que não seja derrubada." Mateus 24.1-2
Ao ouvirem essas palavras, os discípulos de Jesus começaram a se alvoroçar, e uma grande pergunta surgiu no meio deles. Eles estavam preocupados com o futuro. Muitas pessoas, hoje em dia, se preocupam com o futuro. Se quisermos obter conhecimento sobre o porvir, devemos seguir o mesmo caminho que os discípulos: eles se aproximaram de Jesus, a fim de lhe apresentar suas perguntas sobre o futuro, pois Jesus é o Eterno. "Jesus Cristo ontem e hoje é o mesmo, e o será para sempre."
Se de fato você questiona o Senhor sobre o futuro, Ele lhe responde através de um grande panorama que parte de Jerusalém, se estende por toda a terra e toda a humanidade, abrangendo o Universo e o mar de estrelas, desembocando novamente em Jerusalém. Isso não é o que acontece justamente em nossos dias? Diga-Lhe tudo o que atormenta e amedronta seu coração em relação ao futuro. Mas não procure entender tudo. Basta que Ele saiba e compreenda tudo! Em relação àquilo que você não consegue compreender, Ele lhe diz: "Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora."

sábado, 27 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



27 de Outubro

"No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." João 16.33
Como você pode experimentar o Senhor Jesus Cristo na atual situação em que você se encontra, Ele que é maior que todos os seus temores, aflições e problemas insolúveis? Resposta: falando com Ele sobre todos esses assuntos! Você experimentará a Jesus como maior que tudo na medida em que contar tudo a Ele. Eu também não posso resolver os meus problemas, mas posso contá-los a Jesus. E, dizendo tudo a Ele, da maneira simples como uma criança, Ele toma os meus problemas num processo de troca, dando-me Sua alegria e Sua paz.
Você está em perigo? Então diga-o a Jesus. Proceda da maneira como os discípulos outrora. Quando estavam com seu barco em alto-mar, e o Senhor Jesus havia adormecido pelo cansaço, de repente começou um temporal furioso. As ondas batiam contra o pequeno barco. Os discípulos não puderam mais mantê-lo, perderam a esperança – e disseram-no a Jesus! Então Ele se mostrou como Aquele que é mais poderoso do que a tempestade mais assustadora. Jesus, "levantando-se, repreendeu os ventos e o mar." Por isso, fale com Ele sobre todos os seus problemas e perigos e sobre tudo o que vê ao seu redor. Então as ondas altas que o derrubam se acalmarão e o furacão que ruge dentro de você e ao seu redor cessará.

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



26 de outubro

"Em verdade, em verdade vos digo: Se alguém guardar a minha palavra, não verá a morte, eternamente." João 8.51
A pessoa normal não quer morrer. Isto já se pode observar num bebê recém-nascido. Ele cerra seus punhozinhos como se quisesse dizer: a vida que recebi não quero deixar nunca mais. O homem moderno procura desesperadamente escapar da morte. Por isso tornou-se um empreendimento muito lucrativo o negócio com a ameaça de morrer. E apesar de todos os tratamentos para rejuvenescimento e renovação das células, ainda assim o homem não se livrou desse temor. Somente uma Pessoa conseguiu vencer a morte: Jesus Cristo. Está escrito: "Visto, pois, que os filhos têm participação comum de carne e sangue, destes também ele, igualmente, participou, para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo." Este é o milagre da vitória de Jesus que, ao morrer, tirou o domínio daquele que tinha poder sobre a morte, quando Ele mesmo morreu. Mas a morte não conseguiu detê-lO. Se você tem a este Jesus – que ainda hoje é maior que a morte – em seu coração, então você também está livre do medo e do poder da morte! Só assim você não mais verá a morte, pois Ele mesmo disse: "Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá."

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



24 de Outubro

"Pedro entristeceu-se por ele lhe ter dito, pela terceira vez: Tu me amas? E respondeu-lhe: Senhor, tu sabes todas as cousas, tu sabes que eu te amo." João 21.17
Se você é um daqueles que têm de reconhecer e confessar: "Senhor, meu discipulado naufragou, eu fracassei miseravelmente", então você chegou ao ponto de ser chamado para o discipulado interior. O Senhor ressurreto está bem perto de você. Ele pode lhe dar um ministério bem claro e concreto antes de chamá-lo para O seguir. Depois da tripla afirmação de Pedro: "Senhor,... tu sabes que que eu te amo", o Senhor Jesus diz três vezes: "Apascenta os meus cordeiros... Pastoreia as minhas ovelhas... Apascenta as minhas ovelhas." Você, "Pedro" naufragado, que ama a Jesus: Ele tem um novo e concreto encargo para você: apascentar Seus cordeiros, Suas ovelhas! Juntos, procuremos as ovelhas perdidas, que "não são deste aprisco", e sirvamos ao Senhor com toda nossa prontidão. O encargo do Senhor "apascenta as minhas ovelhas" é uma mensagem de esperança para os desqualificados, para aqueles que desistem porque fracassaram, mas que amam a Jesus de verdade!

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



23 de Outubro

"Mas ao clarear da madrugada, estava Jesus na praia; todavia os discípulos não reconheceram que era ele. Perguntou-lhes Jesus: Filhos, tendes aí alguma cousa de comer? Responderam-lhe: Não." João 21.4-5
Um sinal característico daqueles que estão no discipulado apenas exterior é que se deixam determinar por coisas e circunstâncias exteriores. Por isso seu cristianismo é feito de altos e baixos, às vezes, estão "nas nuvens", outras vezes estão tristes de morrer. Embora Pedro estivesse fisicamente muito próximo do Senhor no primeiro discipulado, em seu coração ele era estranho a Jesus. Ele não tinha uma ligação interior verdadeira com o Senhor. Um dia o Senhor até teve que chamá-lo de "Satanás". Porque faltava esta ligação do coração, mais tarde Pedro caiu tão profundamente que até negou ao Senhor. Suas oscilações e derrotas, o poder do inimigo em sua vida, têm sua origem no discipulado exterior. Você é um daqueles que tem que responder com um "não" à pergunta do Senhor se você tem algo para comer? Ao seu redor há pessoas que têm fome por salvação, pela vida eterna e pela paz com Deus. Você não pode lhes dar nada de comer por ter naufragado em seu discipulado exterior? Neste momento, o Senhor vem ao seu encontro a fim de o conclamar para um discipulado interior, frutífero!

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



22 de Outubro

"E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens. Então eles deixaram imediatamente as redes, e o seguiram." Mateus 4.19-20
Quando o Senhor disse para Pedro: "...e te levará para onde não queres", este foi um novo e mais profundo chamado para o discipulado, pois Pedro já ouvira uma vez o chamado do Senhor no lago de Genesaré. Depois da crucificação e ressurreição, o Senhor já havia chamado Pedro para o discipulado, dizendo: "Segue-me."
Por que então o Senhor o chamou uma segunda vez? É que existem dois tipos de discipulado: um exterior e um interior. O discipulado exterior não tem como conseqüência a renovação do coração, de modo que a pessoa em questão não alcança uma vida frutífera e vitoriosa. Mas o discipulado interior tem como conseqüência uma renovação radical. A ausência de poder dos cristãos dos dias atuais tem sua origem no fato de seguirem o Senhor apenas exteriormente. Queremos nos examinar seriamente, e orar: "Senhor, guarda-me de Te seguir apenas exteriormente." Aquele que não conhece o discipulado real, que não segue a Jesus de todo o coração, carrega as conseqüências: falta-lhe o poder do alto e em sua vida não há o amém que vem do santuário.

domingo, 21 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



21 de Outubro

"Quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda, os teus ouvidos ouvirão atrás de ti uma palavra, dizendo: Este é o caminho, andai por ele." Isaías 30.21
Um sinal dos tempos finais é que os filhos de Deus estão trilhando o caminho do engano nesse último pedaço de caminho que devem andar. Afinal, o Senhor ainda conduz Seus filhos de maneira clara? É claro que sim! O Senhor os conduz de maneira clara, mas em nossos dias bem poucos estão dispostos a submeterem-se incondicionalmente à direção do Senhor. Sermos conduzidos pelo Senhor exige que estejamos dispostos a nos deixar conduzir! O Senhor sempre nos conduz para onde não queremos. Ele exige a submissão total da vontade própria. Temos de nos deixar guiar para onde, por natureza, não queremos ir. O Senhor não exige apenas uma coisa ou outra, Ele exige tudo! "Quando, porém, fores velho, estenderás as tuas mãos e outro te cingirá e te levará para onde não queres." Para que isso aconteça não é necessário que primeiro fiquemos velhos, pois essa palavra que o Senhor Jesus falou vale para todos nós. Você está disposto a submeter a sua vontade própria ao Senhor, não importando qual seja a área da sua vida? Isto não significa outra cousa do que nos deixar transformar e conduzir para onde não queremos ir.

sábado, 20 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



20 de Outubro

"Em verdade, em verdade te digo que, quando eras mais moço, tu te cingias a ti mesmo e andavas por onde querias; quando, porém, fores velho, estenderás as tuas mãos e outro te cingirá e te levará para onde não queres." João 21.18
O Senhor anuncia a Pedro:"Tu conduziste a ti mesmo, mas virá o dia em que serás conduzido para onde não queres". Eu gostaria de adiantar que sempre devemos ter certeza de que é o Senhor quem nos conduz. Somos conduzidos por Ele mesmo sem perceber. Nesse sentido, temos várias promessas na Bíblia. Vejamos apenas o Salmo 32.8: "Instruir-te-ei e te ensinarei o caminho que deves seguir; e, sob as minhas vistas, te darei conselho." Mesmo assim muitos crentes são enganados, ao invés de serem pessoas dirigidas pelo Senhor. Qual é o motivo de você não enxergar o caminho certo? Não será a sua própria vontade que obscurece a sua visão, trazendo grande angústia? Volte-se hoje para Jesus, e diga: "Toma conta de mim totalmente, ó Senhor!" Aí Ele o conduzirá para onde você não iria por sua própria natureza – para o Calvário –, porém, por amor do Seu nome, através de caminho reto. Pois o Senhor prometeu que vai nos conduzir, e sob Suas vistas nos dar conselho!

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



19 de Outubro

"Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo." Tiago 5.16
Qual deve ser a sua posição diante de Deus na oração? Miserável em si mesmo, mas assim mesmo perfeito, justo e imaculado! Dessa maneira você pode se apresentar diante da santa face de Deus! Como isso é possível? Isso só é possível única e exclusivamente pelo sangue de Jesus. Somente pelo sangue de Jesus recebemos a justiça que tem valor diante de Deus. Conseqüentemente só podemos comparecer diante do trono de Deus por meio do sangue santo. "Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus..." Portanto, nunca podemos falar com Deus sem haver reivindicado em espírito a purificação pelo sangue de Jesus. Muitas vezes, essa condição não é observada. Por isso, tantas vezes temos dificuldade em interceder. Esquecemos que só podemos nos aproximar de Deus pelo poder do sangue de Jesus. Isso, por sua vez, significa que não podemos nos aproximar de Deus sem que o Espírito Santo nos transfigure o Cordeiro, e sem que participemos um pouco das dores que Ele sofreu pelos nossos pecados. Mas, depois disso, somos levados à adoração, e a adoração sempre é a base da intercessão vitoriosa. Por isso, não se exponha descuidadamente à santa presença de Deus, pois Ele não o receberá se você não se aproximar conscientemente através do sangue de Jesus.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



18 de Outubro

"Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; pois o que duvida é semelhante à onda do mar, impelida e agitada pelo vento. Não suponha esse homem que alcançará do Senhor alguma cousa." Tiago 1.6-7
O que significa orar com fé? Significa confiar nas promessas de Deus na oração. Não podemos orar à toa. Existem pessoas que dizem: "Você só precisa ter fé, e terá tudo o que pedir", mas se enganam redondamente. Em cada situação, necessitamos de uma promessa bem definida de Deus na qual podemos depositar a nossa fé. Esta é a realidade maravilhosa: as promessas existem! Por exemplo, quando estamos solitários:"E eis que estou convosco todos os dias." Quando nos sentimos fracos: "...o poder se aperfeiçoa na fraqueza." Ou preocupados: "...lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós." Quando estamos tristes: "...não vos entristeçais, porque a alegria do Senhor é a vossa força." Ou enfermos: "...eu sou o Senhor que te sara." Para cada situação específica, Deus deu uma promessa específica para que, pela fé, possamos nos fundamentar concretamente em Sua Palavra. A oração é a mais alta expressão da fé, isso quer dizer que você não deve mais se deixar determinar pelas coisas visíveis, mas pelas invisíveis, pelo Deus eterno!

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



17 de Outubro

"E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho." João 14.13
A quem devemos invocar na oração? O próprio Senhor Jesus nos disse claramente que devemos orar ao Pai em Seu nome. Por isso Ele continuamente apontava para o Pai. Deus é o alvo, o Filho é o caminho que nos conduz para esse Alvo. Esse, aliás, foi o alvo dos sofrimentos do Senhor Jesus: "Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus." Não deveríamos também nós trilhar esse caminho? Não existe outro caminho! Unicamente pelo sangue de Jesus teremos a ousadia para entrar no Santo dos Santos, até a presença de Deus! E Jesus nos ensina a orar: "Pai nosso que estás nos céus..." Paulo também nos mostra esse caminho: "...dou graças a meu Deus mediante Jesus Cristo."
Mas também confessamos que Jesus é o Senhor. Nos revestimos dEle e esperamos a Sua vinda. A graça de Deus nos foi outorgada em Jesus Cristo. Por isso também podemos orar diretamente ao Senhor Jesus Cristo. Ele mesmo diz: "...quem me vê a mim, vê aquele que me enviou."

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



16 de Outubro

"Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me." Lucas 9.23
A Igreja de Jesus precisa passar pelos mesmos sofrimentos pelos quais o Senhor Jesus passou? As Escrituras nos dizem repetidamente que nós
– devemos seguir o mesmo caminho que o Cordeiro andou
– devemos seguir Seus passos
– estamos predestinados a participar de Seus sofrimentos
– tornamo-nos semelhantes com Jesus até na Sua morte, através da comunhão dos Seus sofrimentos
– tornamos-nos não somente semelhantes a Ele na Sua morte, mas com Cristo estamos predestinados à mesma morte.
Nós temos que passar pelas mesmas coisas que nosso Senhor Jesus passou porque como renascidos fazemos parte de Seu corpo. Ele é o Cabeça, nós os membros. Isso não significa que tenhamos que carregar os pecados do mundo – Jesus já fez isso de uma vez por todas. Também não carregaremos a Sua cruz, pois disso nunca seremos capazes. Não sou exortado a levar a cruz de Jesus, mas a minha cruz. Essa prontidão em carregar a minha própria cruz está inclusa no discipulado de Jesus, e faz com que na glória sejamos semelhantes a Ele. Este é o maior alvo do Senhor para nós!

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



15 de Outubro

"...Aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao dia de Cristo Jesus."Filipenses 1.6
Se durante o dia há fúria e tempestade ao nosso redor, e o inimigo tenta de todas as maneiras nos derrubar, sabemos que estamos seguros em Jesus, e a partir dessa segurança temos a capacidade de reagir. Este é justamente o nosso combate da fé, que pratiquemos o que dizemos crer. Em compensação, só somos capazes disso se, pela manhã, no silêncio, tivermos tido um encontro com o vencedor Jesus Cristo. Em outras palavras: aquele que quer ser vitorioso no dia-a-dia, este deve ter tido um encontro com o Vencedor. Ele dá o querer e também o executar; Ele pode o que nós não podemos pela própria força. "A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza." E quando falhamos, precisamos desanimar? Não! Aquele que confessa ao Senhor suas falhas e sua incapacidade, e se humilha, este pode contar com o perdão que é dado pelo precioso sangue de Jesus. Mas a renúncia é uma astúcia do inimigo, ao qual devemos resistir. Jesus Cristo é o Autor e Consumador da nossa fé, e Ele também há de completar a boa obra que começou em nós.

domingo, 14 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



14 de Outubro

"Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar; resisti-lhe firmes na fé." 1 Pedro 5.8-9
A exortação de Pedro diz que devemos ser sóbrios e vigilantes, até mesmo se estamos sempre confirmando a vitória de Jesus. Paulo diz exatamente o mesmo em Efésios 6.10-11. Ele não diz que devemos lutar contra os ataques astutos do inimigo, antes pelo contrário, que devemos nos tornar fortes no Senhor. Negamos o combate da fé? Não! Mas não lutamos para alcançar a vitória, lutamos a partir da vitória alcançada por Jesus! Talvez agora alguém possa retrucar: se Satanás de fato foi vencido, como então ele ainda pode estar tão atuante?
1. Porque a vitória do Senhor Jesus Cristo tem que ser colocada à prova diante do mundo visível e invisível por meio daqueles que crêem em Jesus Cristo.
2. Porque a pessoa só pode ser salva com base em sua livre decisão. Ela deve escolher entre Jesus e Satanás, entre luz e trevas, entre vida e morte.
3. Porque o Deus soberano e santo não tem necessidade de oprimir as trevas pela força. Pois pura e simplesmente a presença de Deus e o dom do Seu amor, Jesus Cristo, que, como a luz do mundo, reconciliou o mundo com Deus, tirou o poder de Satanás!

sábado, 13 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



13 de Outubro

"Por isso também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles." Hebreus 7.25
Um filho de Deus ainda pode perder a salvação? Aquele que se torna crente no Senhor Jesus Cristo está selado com o Espírito Santo da promessa, o que é um penhor para o dia da salvação. O Espírito Santo nos conduz a toda a verdade. Uma pessoa que recebeu o Espírito Santo está salva para toda a eternidade. O Senhor Jesus diz em João 10.28 que ninguém tirará Suas ovelhas da Sua mão, e Ele o reafirma no versículo 29: "...e da mão do Pai ninguém pode arrebatar." Mas agora surge a pergunta: e se eu cair em pecado, mesmo na condição maravilhosa de filho de Deus? João responde: "Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo." O renascido está salvo da culpa e do poder do pecado, mas a presença do pecado ainda permanece. A Bíblia adverte insistentemente que podemos perder a ‘segunda bênção’ por desobediência consciente. A ‘primeira bênção’ é a vida eterna, a ‘segunda bênção’ é o galardão que receberemos. Mas essa segunda bênção, a ‘coroa’ ou a ‘herança’, nós só receberemos por meio de um discipulado fiel a Jesus!

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Pérolas Diárias



12 de Outubro

"Graças a Deus que nos dá a vitória por intermédio do nosso Senhor Jesus Cristo." 1 Coríntios 15.57
"O que devo fazer para ter vitória constante sobre a minha velha natureza?", perguntam muitos. Pois na prática diária muitas vezes se nota tão pouco dessa vida vitoriosa. Mas aqui é válida a pergunta: você crê que Jesus Cristo de fato morreu na cruz? Em caso afirmativo, vale Romanos 6.6: "...sabendo isto, que foi crucificado com ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos." No momento em que o inimigo procura nos provocar por meio de pessoas que ofendem, caluniam ou cometem outras injustiças, temos a oportunidade de provar que cremos no poder da morte de Jesus. Justamente numa ocasião assim é que o "estar crucificado com Cristo" se mostra como o segredo da vitória sobre tudo o que é negativo. Deus providencia para que no dia-a-dia sejamos constantemente confrontados com o Crucificado. Por toda parte nos deparamos com a cruz. Se não tivéssemos provações, não haveria oportunidade de praticar a vitória de Jesus Cristo conquistada na cruz. Por esse motivo, deveríamos amar aqueles que nos machucam em nossos pontos mais sensíveis, pois em cada tentação temos a possibilidade de exclamar o que está escrito em 2 Coríntios 2.14: "Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo."

quinta-feira, 11 de outubro de 2018



Pérolas Diárias



11 de Outubro

"E assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura: as cousas antigas já passaram; eis que se fizeram novas." 2 Coríntios 5.17
O renascido não peca mais? Tudo se fez novo? A Bíblia diz clara e inequivocamente:"...as cousas antigas... eis que se fizeram novas." Isto quer dizer: o essencial no homem, o espírito, que nasceu da mão de Deus e depois morreu pelo pecado, revive no momento do novo nascimento e é preenchido com o Espírito Santo. Esse é o novo homem. Esse novo homem não pode mais pecar; Ele é imaculado, santo e justo.
O que, entretanto, ainda pode pecar? Aquilo em nós que foi executado na cruz em Jesus Cristo: o velho homem, o "eu", a carne. Mas como este "eu" não tem mais direito de existência aos olhos de Deus, a Bíblia diz: "...eis que tudo se fez novo" (ERC). Por isso sempre lembramos das palavras do apóstolo Paulo: "Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que agora tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim."
Apocalipse

Contribua com este ministério

Realizamos a obra com poucos recursos e precisamos do seu apoio para mantê-lo e expandi-lo. Ajude-nos a alcançar mais pessoas com a Palavra de Deus!
Saiba como contribuir

Doações para manutenção

Banco Bradesco
Ag. 1804-0 c/c 00585785

Banco Bradesco
Ag.1804-0 conta poupança 1008973-5