quarta-feira, 18 de julho de 2018

Pérolas Diárias



18 de Julho

"Agora, pois, perdoa-lhe o pecado; ou, se não, risca-me, peço-te, do livro que escreveste." Êxodo 32.32
A face de Moisés brilhava porque ele havia falado com Deus. O que Moisés falou com o Senhor? Ele teria tido motivos suficientes para se queixar do quanto era fraco e do quanto ele necessitava do poder e da ajuda do Senhor para sua tarefa. Mas não ouvimos nenhuma palavra sobre isso. Sua oração não se referia ao seu próprio "eu". Pelo contrário, ele estava disposto a ser exterminado. Como mediador do povo, ele é uma ilustração do nosso grande Mediador, Jesus Cristo. Moisés fora liberto da esfera dos interesses próprios e da própria vida. Ele zelava unicamente pela honra do Senhor, que era infinitamente mais preciosa para ele do que todas as outras coisas. Mas Moisés passou a refletir mais ainda a glória do Senhor porque o Senhor havia falado com Ele. Ele lhe mostrou o caminho por meio do sangue do Substituto; este caminho que conduz o pecador ao coração de Deus! Deus lhe revelou o Sacrifício e o Sacerdote. Não é em vão que o Senhor fala tanto disso, pois, desde a eternidade, Deus, o Pai, em Seu imenso amor planejou a salvação por intermédio de Seu Filho Jesus Cristo. Ele foi sacrifício e sacerdote ao mesmo tempo. Aqui conseguimos imaginar um pouco da ânsia do Senhor em revelar a alguém o maravilhoso mistério da salvação, mistério esse que até os anjos anseiam ver.

terça-feira, 17 de julho de 2018

Pérolas Diárias



17 de Julho

"Quando desceu Moisés do monte Sinai, tendo nas mãos as duas tábuas do testemunho, sim, quando desceu do monte, não sabia Moisés que a pele do seu rosto resplandecia, depois de haver Deus falado com ele." Êxodo 34.29
A piedade inconsciente é algo maravilhoso. Ela é o irromper do esplendor da glória de Deus em uma vida humana. E esse esplendor é irradiado inconscientemente, porque é uma obra do Espírito Santo; não é o "eu" disfarçado religiosamente se tornando perceptível.
Qual é o alvo da nossa santificação pessoal? O alvo de Moisés era o Senhor. Vivendo na presença do Senhor, ele irradiava a glória de Deus. Sua face brilhava porque ele permanecia persistentemente na presença de Deus. "...E lá permaneceu quarenta dias e quarenta noites." Poderia-se dizer: "Este homem realmente tomou tempo para ter comunhão com Deus." Mas é muito mais admirável a imensidão de tempo que o Senhor toma a fim de revelar Sua glória e Seus pensamentos a cada pessoa individualmente, a cada um que, como Moisés, anseia por isso. Sem dúvida, Moisés seria o primeiro a ter motivo para ficar nervoso e dizer: "Não tenho tempo, pois milhares de pessoas esperam por mim." Mas ele perseverou na presença do Senhor.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Pérolas Diárias



16 de Julho

"Tornai-vos para mim, diz o Senhor dos Exércitos, e eu me tornarei para vós outros, diz o Senhor dos Exércitos." Zacarias 1.3
Na vida dos cristãos existe o risco de uma trágica e funesta mudança de rumo que os faz se desviar do melhor que Deus deseja lhes dar. Salomão deu meia-volta no caminho da obediência ao Senhor, e o Senhor tomou dele o reinado. Himeneu e Alexandre voltaram atrás no caminho da fé viva, tornaram-se blasfemadores e foram entregues a Satanás. A Igreja de Jesus corre o perigo de se desviar do caminho do Cordeiro, pois deixando o primeiro amor, e não se arrependendo, seu candeeiro será removido. O Senhor chama constante e insistentemente para que retornemos a Ele, para que mudemos e corrijamos o rumo em que nos encontramos. Ele toca suavemente em nosso coração: "Convertei-vos, pois, ó filhos de Israel, àquele de quem tanto vos afastastes." Ele o faz lamentando:"Porque o meu povo é inclinado a desviar-se de mim; se é concitado a dirigir-se acima, ninguém o faz." Ele nos chama a retornarmos para Ele e o faz perdoando: "Desfaço as tuas transgressões como a névoa, e os teus pecados como a nuvem; torna-te para mim, porque eu te remi." Ele também chama e inclui uma promessa: "Tornai-vos para mim... e eu me tornarei para vós outros." Nesse contexto, só faz sentido orarmos ao Senhor: "Volta-te, Senhor!" se estivermos realmente dispostos a retornar para Ele!

domingo, 15 de julho de 2018

Pérolas Diárias



15 de Julho

"O qual não cometeu pecado, nem dolo algum se achou em sua boca, pois ele, quando ultrajado, não revidava com ultraje, quando maltratado não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga retamente." 1 Pedro 2.22-23
Na cruz do Calvário aconteceu a mais completa e inconcebível renúncia, cuja profundidade nunca conseguiremos sondar, pois foi quando os pecados de todas as pessoas de todos os tempos foram colocados sobre Jesus. Isso não aconteceu teórica ou simbolicamente, mas foi terrível e assustadora realidade: o castigo por todos os nossos pecados foi colocado sobre Aquele que não tinha pecado. Justamente ali vemos Aquele que ficou sem direitos, que foi injustiçado, tornando-se a perfeita justiça de Deus por nós. Que estranho mistério! Mas aqui se desenham perspectivas ainda mais gloriosas: enquanto vemos admirados as conseqüências da Sua renúncia e as bênçãos que abrangem o mundo todo, o Espírito Santo nos move a seguir o Cordeiro também nesse sentido. Entenda, se o Senhor lhe diz: "Sê tu uma bênção", isso quer dizer: assuma a natureza da renúncia de Jesus a tal ponto de estar em condições de testificar: "...como desconhecidos, e entretanto bem conhecidos; como se estivéssemos morrendo e contudo eis que vivemos; como castigados, porém não mortos; entristecidos, mas sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; nada tendo, mas possuindo tudo."

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Pérolas Diárias



13 de Julho

"Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo." 1 Coríntios 3.11
Quem pode atingir a profunda renúncia de Jesus? Mesmo que você tenha sido humilhado profundamente, mesmo que sua humilhação o tenha levado às profundezas mais escuras, quando você tiver chegado ao ponto mais profundo, reconhecerá que Jesus foi humilhado muito mais. Em Belém e no Calvário vemos a renúncia do Senhor ao Seu poder: "Aquele que foi manifestado na carne."
Mas Jesus não era uma criatura, Ele era o próprio Criador! Ele não era um homem, Ele era Deus. Todos sabemos disso muito bem. Mas somente quando compreendemos em espírito a renúncia ao poder e a abnegação de Jesus, começamos a compreender o mistério da Sua vitória. O Calvário, onde Ele renunciou definitivamente ao poder que lhe cabia por direito, onde Ele foi crucificado em fraqueza, foi o lugar onde o Seu poder se manifestou mais gloriosamente. No Calvário, no maior desamparo, Ele nos trouxe a maior ajuda. Ali, totalmente vencido pelos Seus inimigos, Ele conquistou a maior vitória. Contemple o Cordeiro despojado do Seu poder! Ele, somente Ele, é a nossa fonte de poder!

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Pérolas Diárias



12 de Julho

"Por que estás abatida, ó minha alma? por que te perturbas dentro em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu." Salmo 43.5
Você está inquieto, estressado? As palavras "não tenho tempo" são como chicotadas do diabo. A pressa abre para muitos uma sepultura prematura. "Não tenho tempo" – apesar de todos os meios modernos que nos ajudam a ser mais rápidos no trânsito e no trabalho, apesar das muitas facilidades que não existiam antigamente. Muitos estão presos por esse espírito da pressa. Mas Jesus também venceu esse espírito! Como você pode ser liberto disso? Não por meio de maiores esforços, mas por meio de mais oração. Quando você se colocar de joelhos, o Senhor lhe mostrará na Sua Palavra o caminho para libertação desse espírito da pressa. O nervosismo é uma conseqüência da pressa. Provérbios 14.30 diz: "O ânimo sereno é a vida do corpo."
Por que o seu coração está tão inquieto, tão nervoso? Não é porque você não consegue realizar os muitos trabalhos que esperam para serem feitos, também não porque as preocupações são demasiadamente grandes, mas porque você não confia no Senhor. Inquietação interior é falta de fé. Mas, invertendo a situação, você pode ter um coração sereno mesmo no meio de grande volume de trabalho se seu coração descansar em Jesus Cristo!

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Pérolas Diárias



11 de Julho

"O Senhor vosso Deus vai adiante de vós, ele pelejará por vós..." Deuteronômio 1.30
Você ficou cansado na luta da vida e se sente prostrado. Grandes dificuldades parecem formar montanhas à sua frente. Em seu íntimo parece existir apenas o som de batalhas e lutas. Simplesmente não há meio de fazer com que em seu íntimo as coisas se aquietem? Situações injustas, tratamento injusto, castigo injusto, ameaça de enfermidade, preocupações e aflições, provações extenuantes – o que coloca você em constante posição de combate a tal ponto que você não consegue mais se acalmar? Escute o que diz a Bíblia: "O Senhor pelejará por vós, e vós vos calareis." Ele sabe pelejar muito melhor do que você. Diante dEle nenhum inimigo pode resistir. Por que você ainda luta com suas próprias forças? Porque inconscientemente você pensa que ainda tem suficiente força, que pode fazer as coisas sozinho. Mas você será derrotado, pois está escrito: "Ele me abateu a força no caminho." Por quê? Para que você pare de lutar! Pois Jesus lutou vitoriosamente por você. A luta que você trava, tão ingrata e sem resultados, tem sua origem na ilusão que você tem de que pode fazer as coisas à sua moda, de que tem condições de resolver os problemas por conta própria. A nossa luta maior deveria ser deixar de lutar por nós mesmos. Entregue-se completamente nas mãos do Senhor. Ele pelejará por você!

terça-feira, 10 de julho de 2018

Pérolas Diárias



10 de Julho

"Deus continuou: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é terra santa." Êxodo 3.5
O que Deus revelou ao seu servo Moisés?
– Sua santidade: Esta sempre é a primeira coisa que o Senhor revela aos Seus filhos: Ele os confronta com Sua santidade! Somos obrigados a tirar nossos calçados na presença do Senhor, e isso significa nos despojar de todas as coisas deste mundo.
– Sua fidelidade: "Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó." Em outras palavras: Eu sou o eternamente fiel, que carregou e sustentou seu pai e que quer carregar também a você. Eu o sou! O Senhor tomou de Moisés a fé e a confiança que ele tinha em si mesmo e, através da revelação de Sua fidelidade, encheu-o com fé e confiança no Senhor.
Como reagiu Moisés em relação à revelação do Senhor? "Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus." Esta foi a vitória! O Senhor havia esperado por essa reação. Somente agora Moisés estava apto a ser chamado e usado pelo Senhor. Em outras palavras, somente quando somos tomados pelo temor do Senhor através de um encontro real com Ele é que estaremos em condições de sermos úteis e frutíferos no ministério que Ele nos confiou!

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Pérolas Diárias



9 de Julho

"Apareceu-lhe o Anjo do Senhor numa chama de fogo do meio duma sarça." Êxodo 3.2
Onde o Senhor vem ao nosso encontro?
– No deserto, na solidão: Moisés estava no deserto, livre de todos os relacionamentos humanos.
– No Monte Horebe, no monte de Deus: "Horebe" significa aridez. Se em seu coração, de acordo com os seus sentimentos, tudo se tornou vazio e árido, o Senhor está bem próximo.
Como o Senhor se revela?
– Como o Deus eterno, justo: "Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo, e a sarça não se consumia." A chama da Sua justiça nunca se apaga. Mas Ele também se revela como o Deus do amor eterno. Seu amor nunca termina.
– Na Sua palavra: a ignorância de Moisés é um elemento profundamente trágico. Embora o Senhor estivesse tão próximo dele, Moisés não teve condições de reconhecê-lO. Ele até disse: "Irei para lá, e verei esta grande maravilha, porque a sarça não se queima." Só houve um meio de mostrar a Moisés sua ignorância, e o Senhor usou esse meio: a Sua palavra! Deus falou através da sarça, e disse: "Moisés, Moisés! Ele respondeu: Eis-me aqui." Foi o falar direto de Deus que o convenceu de que realmente Deus estava ali.

domingo, 8 de julho de 2018

Pérolas Diárias



8 de Julho

"Apascentava Moisés o rebanho... chegou ao monte de Deus, a Horebe." Êxodo 3.1
Um encontro com Deus sempre tem conseqüências revolucionárias. No encontro decisivo que Moisés teve com o Senhor, perguntamo-nos em primeiro lugar: como era o Moisés que o Senhor encontrou?
– Sossegado: Moisés era pastor de ovelhas. Existe ocupação mais tranqüila? O ambiente em que ele vivia era calmo, como era também o seu coração. Para chegar a ser assim, Moisés necessitou de quarenta longos anos. E, naquele momento, ele estava maduro para encontrar a Deus.
– Sincero: Moisés e as ovelhas faziam parte de um todo; eles se entendiam mutuamente, caso contrário, ele não teria agüentado tanto tempo no meio delas. Nisso reconhecemos a sua autenticidade, pois Jesus disse mais tarde: "Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz" e: "As minhas ovelhas ouvem a minha voz." Moisés havia se tornado um homem da verdade. Esta também é a condição para que o Senhor possa nos encontrar.
– Desiludido: Moisés era um homem desiludido da vida. Seus próprios esforços em libertar o povo da escravidão resultaram em nada. Pelo contrário, ele teve que fugir e sumir no deserto. Mas ali Deus o encontrou, e deu um novo encargo ao Seu servo desiludido.

sábado, 7 de julho de 2018

Pérolas Diárias



7 de Julho

"Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até quantos o traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Certamente. Amém." Apocalipse 1.7
Sobre uma coisa precisamos ter clareza: o reinado do Senhor Jesus é uma realidade nos dias em que vivemos. Se Jesus de fato tem a superioridade, se de fato tudo está sujeito a Ele, então o poder de Satanás é uma mentira. O próprio Satanás é o pai da mentira, segundo as palavras do Senhor Jesus. Se você ainda está preso ao poder de Satanás, aos espíritos de depressão, e a vícios e paixões obscuras, então preste atenção nas palavras da Bíblia: "...resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus e ele se chegará a vós outros." Sou sumamente grato por poder anunciar a verdade absoluta da vitória de Jesus. A conclusão é: se Jesus Cristo de fato conquistou a vitória completa por meio de Suas lágrimas, por meio do Seu sangue; e se Sua morte na cruz do Calvário de fato conquistou a completa vitória, então o poder de Satanás é ilegal. Se você diz que crê em Jesus Cristo, mas de uma ou de outra forma ainda está preso, então está preso ilegalmente. Jesus anulou completamente o direito que Satanás, pelo pecado, havia assumido sobre sua vida.

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Pérolas Diárias



6 de Julho

"Porque, quanto ao Senhor, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é totalmente dele." 2 Crônicas 16.9
Como queremos servir ao Senhor? Estou profundamente convicto de que o Senhor procura pessoas que querem ser um sacrifício total. Neles e por meio deles Jesus se revela de maneira completa. Você é o homem ou a mulher que está disposto a se entregar a Ele agora, sem reservas? Pergunto a vocês, pregadores, conselheiros espirituais e membros de igreja: vocês não sabem que a bênção do Senhor se afasta daqueles que coxeiam entre os dois lados? Vocês não conseguem ver a miséria de suas igrejas e de suas próprias vidas? Nosso ministério é sacerdotal, porque intercedemos com oração e súplica pelas almas diante de Deus. Mas também temos um ministério profético, porque proclamamos diante dos homens o ardente testemunho da salvação que vem de Deus por intermédio de Jesus: "...purificai-vos, os que levais os utensílios do Senhor."
Queremos servir ao Senhor com zelo, porque "...a ordem do rei era urgente." Está na hora de nos apressar, pois não temos mais muito tempo! O Senhor vem sem demora e teremos de prestar contas do nosso trabalho. Ele nos exorta: "Negociai até que eu volte."

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Pérolas Diárias



5 de Julho

"Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus que apresenteis os vossos corpos por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional." Romanos 12.1
Para onde leva o caminho do serviço verdadeiro? Leva para Jesus! "Se alguém me serve, siga-me..." Este é o caminho que tem menos problemas. Quem anda nele, pertence aos "seguidores do Cordeiro por onde quer que vá." Os problemas surgem de conflitos. Os conflitos nascem do próprio "eu", pois o "eu" não quer servir, mas dominar. Portanto, aquele que quer seguir o caminho do serviço, primeiro tem que andar no caminho com Jesus. Ali ele se liberta do "eu" orgulhoso e obstinado. Onde é o começo deste caminho? Isso as Escrituras nos informam nas palavras de Jesus: "...onde eu estou, ali estará também o meu servo". Onde Jesus estava? Ele estava na cruz! Assim como Ele se entregou sem reservas como sacrifício vivo na cruz, assim começam todas as jornadas na trilha de serviço e no ministério de um discípulo de Jesus. Tudo começa com o sacrifício de si mesmo, e isto sobre o altar, quer dizer, na cruz. Todos os serviços que não são praticados a partir da cruz são vazios e infrutíferos. Mas todo desempenho a partir da posição de estar crucificado com Cristo contém ilimitadas possibilidades de bênçãos.

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Pérolas Diárias



4 de Julho

"...Deixando os ídolos, vos convertestes a Deus, para servirdes o Deus vivo e verdadeiro." 1 Tessalonicenses 1.9
Como foi o ministério do Senhor Jesus aqui na terra? Foi em completa entrega ao Seu Pai; Seu querer era incondicional, baseando-se somente naquilo que Seu Pai desejava. A vida de Jesus foi um contínuo e santo culto a Deus. Este ministério mais que excelente atingiu o auge no derramamento da Sua vida eterna e do Seu sangue sobre uma terra sujeita à morte: "Eu lhes dou a vida eterna."
Como deve ser o ministério daqueles que amam e seguem ao Senhor, como deve ser o nosso ministério? Exatamente como o ministério do nosso Mestre! Pois somente no mesmo ministério podemos nos tornar semelhantes a Ele. Portanto, olhe para o Senhor que serve, e saberá como deve servi-lO: "...e quem quiser ser o primeiro entre vós, será vosso servo; tal como o Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir..." Portanto também podemos dizer: os verdadeiros convertidos são reconhecidos pelo seu constante servir. A atividade religiosa de muitos, ao contrário, é uma negação desse servir desprendido. Você é um servo de Jesus Cristo ou um servo da carne agindo dentro da natureza de Satanás? Eu receio que muitos cristãos tenham se afastado de Cristo por se afastarem do caminho do servir.

terça-feira, 3 de julho de 2018

Pérolas Diárias



3 de Julho

"Dele todos os profetas dão testemunho de que, por meio de seu nome, todo o que nele crê recebe remissão de pecados." Atos 10.43
Que mensagem poderosa! No nome de Jesus há poder perdoador, pois por trás do Seu nome está Seu sangue derramado. Aquele que invoca a Jesus invoca Seu precioso sangue e se torna alvo como a neve, pois: "...o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado."
Mas o nome de Jesus também é um poder que transmite vida. Crendo no nome de Jesus, você estará crendo na pessoa do Senhor. Jesus Cristo é Aquele que não somente morreu, mas também ressuscitou. Ele é "...a ressurreição e a vida."
Porém Seu precioso nome significa ainda mais. Ele é um bálsamo derramado. Jeremias, ao contemplar o imenso prejuízo que o povo sofrera por causa da idolatria, exclama, orando: "Acaso não há bálsamo em Gileade? ou não há lá médico?" E eis aqui a resposta em Cantares: "...como ungüento derramado é o teu nome." Talvez sejam grandes os prejuízos por causa do pecado em sua vida, talvez as feridas em sua alma estejam profundamente abertas. Você pensa que ninguém pode lhe ajudar? Claro que alguém pode – o precioso nome de Jesus pode. Somente Jesus nos compreende realmente. O nome de Jesus pode curar nosso corpo e nossa alma!

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Pérolas Diárias



2 de Julho

"Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; a saber: aos que crêem no seu nome." João 1.12
No nome de Jesus reside um poder todo especial, ilimitado e salvador. Somente a fé compreende e experimenta esse poder! Caso contrário, como seria possível ser salvo da morte eterna apenas invocando o Seu nome pela fé? Mas o profeta Joel diz exatamente isso: "E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo." Essa pessoa também é salva do poder das trevas: "Ele nos libertou do império das trevas." Por causa do poder do pecado toda pessoa está sob o poder de Satanás: "Aquele que pratica o pecado procede do diabo." Mas assim que uma pessoa invoca o nome de Jesus crendo em Seu poder salvador, as cadeias que a prendem ao pecado são rompidas. Satanás perde o poder sobre essa pessoa, ele não pode mais tocá-la: "...aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o maligno não lhe toca." Pois aquele que toca num renascido, toca no próprio Senhor: "Aquele que tocar em vós toca na menina do seu olho." Portanto, aquele que invoca o nome de Jesus pela fé reivindica para si e toma posse de toda a vitória que Jesus conquistou por nós!

domingo, 1 de julho de 2018

Pérolas Diárias



1 de Julho

"Pois, quem é a nossa esperança, ou alegria, ou coroa em que exultamos, na presença de nosso Senhor Jesus em sua vinda? Não sois vós? Sim, vós sois realmente a nossa glória e a nossa alegria!" 1 Tessalonicenses 2.19-20
A coroa da exultação consiste nas almas que ganhamos para Jesus Cristo. Você é um ganhador de almas? Jesus disse outrora para "homens de pesca": "Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens." Você pode pescar numa conversa pessoal. Pode ganhar almas orando. Você tem um coração ardente pelos perdidos? Na sua igreja pessoas chegam a Jesus? Se em oração você pedir concretamente ao Senhor, com certeza Ele também lhe dará almas. Será maravilhoso receber a coroa da exultação.
No Novo Testamento, o Senhor nos prometeu cinco coroas diferentes. Estas coroas são para os vencedores, para aqueles que consagraram sua vida totalmente a Jesus. Mas, para consegui-las você não precisa atingir cinco alvos diferentes, pois em Apocalipse 19.11-12 está escrito: "Vi o céu aberto, e eis um cavalo branco. O seu cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro, e julga e peleja com justiça. Os seus olhos são chama de fogo; na sua cabeça há muitos diademas (coroas); tem um nome escrito que ninguém conhece senão ele mesmo." Todas estas coroas maravilhosas estão numa única Pessoa: Jesus Cristo!

sábado, 30 de junho de 2018

Pérolas Diárias



30 de Junho

"Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. Todo atleta em tudo se domina; aqueles para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível." 1 Coríntios 9.24-25
Como conquistamos essa coroa incorruptível? Através de renúncia e abnegação. Paulo usa o exemplo dos Jogos Olímpicos. Os atletas deixam tudo o que possa atrapalhar sua corrida a fim de receber uma coroa corruptível. Querido leitor, antes de qualquer atitude pergunte-se primeiro: como estarei servindo melhor ao Senhor Jesus? Aí você saberá o que deve fazer e o que deve deixar de fazer. Podemos basear nosso comportamento espiritual em Colossenses 3.17: "E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai." Podemos xingar em nome de Jesus? Não! Como se torna leve e gloriosa uma vida que se concentra unicamente em Jesus! Guarde o que você tem, pois: "Igualmente o atleta não é coroado, se não lutar segundo as normas." Siga o Senhor decididamente. Consagre a Ele a sua vida, seu coração, seus dons, seu tempo e suas forças! Assim também os seus olhos um dia verão o Rei na Sua formosura.

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Pérolas Diárias



29 de Junho

"Pastoreai o rebanho de Deus que há entre vós, não por constrangidos, mas espontaneamente, como Deus quer; nem por sórdida ganância, mas de boa vontade, nem como dominadores dos que vos foram confiados, antes tornando-vos modelos do rebanho. Ora, logo que o Supremo Pastor se manifestar, recebereis a imarcescível coroa da glória." 1 Pedro 5.2-4
A coroa da glória está destinada primeiramente aos pastores da igreja, aos pregadores. Estes têm uma grande responsabilidade. Eles também são alvos preferidos do diabo. Não critique o seu pregador, mas ore por ele, para que ele pregue a Palavra de Deus no poder do Espírito, e saiba fazer tudo corretamente para um dia também receber a imarcescível, inalterável coroa da glória.
Segundo o meu entendimento, esta coroa da glória também está destinada àqueles que são exemplos na Igreja de Jesus. Você é um exemplo? Pode-se ver a Jesus em você? Você é uma coluna na sua igreja? É da maior importância que Jesus possa crescer em nossas vidas para que nos tornemos exemplos. Não deveríamos continuar sendo sempre bebês, mas deveríamos crescer até a perfeita varonilidade da estatura de Cristo. Para você também está preparada a imarcescível coroa da glória!

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Pérolas Diárias



28 de Junho

"Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda." 2 Timóteo 4.7-8
Aqui é mencionada a condição para receber a coroa da justiça: "guardar a fé". Não temos segurança na nossa fé em si, mas no conteúdo e no objeto da nossa fé, o qual é o próprio Senhor Jesus Cristo! Quando tudo o que é visível desmorona, Ele permanece. Agarre-se nEle em todas as circunstâncias, embora haja tempestade e rujam as ondas, de modo que um dia, no fim da sua vida, você possa dizer: "guardei a fé".
A segunda condição para receber a coroa da justiça diz: amar a Sua vinda, isto é, esperar com grande ansiedade e crescente desejo a vinda do Senhor Jesus. Você tem esse anseio? Esta é a melhor prova de que você pertence a Ele e de que vive na santificação. Você se alegraria se Jesus voltasse hoje? Diga "amém" se você ama a Sua vinda. Ele virá em breve!

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Pérolas Diárias



27 de Junho

"Bem-aventurado o homem que suporta com perseverança a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam." Tiago 1.12
Aqui vemos duas condições para receber a coroa da vida. Primeiro, suportar a provação. Seguir o Senhor Jesus não significa estar livre de tentações. Pelo contrário! Existem as tentações no espírito que muitas vezes são túneis bem escuros pelos quais nós, como filhos de Deus, temos que passar em nossa vida. Nesses momentos parece que o Senhor está bem distante, mas é justamente aí que Ele está bem próximo de nós! Justamente aí a mão traspassada de Jesus nos mantém em pé. Mas também existem as tentações da alma, quando somos colocados em situações que abalam nossas emoções, quando somos afligidos por depressões. Mas está escrito que Jesus mora em nossos corações "pela fé", portanto não por meio dos sentimentos! Além disso, também há as tentações do corpo, em que somos afligidos por poderes da enfermidade. Porém o Senhor Jesus é o grande médico.
A segunda condição para receber a coroa da vida é que O amemos. Podemos crer em Jesus, podemos falar dEle com convicção, podemos nos esforçar para segui-lO, mas o Senhor tem interesse, em primeiro lugar, que O amemos de verdade. Você ama a Jesus? Seu coração bate mais rápido quando se lembra dEle? A Palavra de Deus promete: "O Senhor guarda a todos os que o amam."

terça-feira, 26 de junho de 2018

Pérolas Diárias



26 de Junho

"Eis que vos digo um mistério: Nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos, num momento, num abrir e fechar dolhos, ao ressoar da última trombeta." 1 Coríntios 15.51-52
Por que a Bíblia fala relativamente pouco sobre o arrebatamento? Porque o mesmo – como Paulo expressa aqui – é um mistério. Mas em que consiste este mistério do arrebatamento para nós, que somos filhos de Deus? O próprio Senhor Jesus o revela quando fala do dia em que iremos ao seu encontro: "Assim também agora vós tendes tristeza, mas outra vez vos verei; o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria ninguém poderá tirar. Naquele dia nada me perguntareis." Portanto, o Senhor diz que, no momento em que pudermos vê-lO como Ele é, todos os mistérios serão resolvidos e todas as nossas perguntas terão sido respondidas. Também nos chama a atenção que o Senhor não somente diz que quer nos ver, mas Ele quer nos ver outra vez. Mas como poderemos vê-lO de novo por ocasião do arrebatamento? Afinal de contas, já O vimos alguma vez? Sim, pois agora O vemos e O reconhecemos na Palavra de Deus. Mas quando Ele vier nas nuvens do céu, O veremos como Ele é. Eis o grande mistério.

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Pérolas Diárias



25 de Junho

"Bem-aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração se encontram os caminhos aplanados, o qual, passando pelo vale árido, faz dele um manancial; de bênçãos o cobre a primeira chuva." Salmo 84.5-6
Se você é conduzido em meio às nuvens espessas da tribulação, agarre-se no Invisível, pois sentindo ou não a presença do Senhor, assim mesmo Ele está presente! Ele diz: "...andou em trevas sem nenhuma luz, e ainda assim confiou em o nome do Senhor e se firmou sobre o seu Deus". Em outras palavras: nunca se deixe determinar pela neblina da incredulidade, pois nesse caso tudo fica muito confuso. Em outras palavras: você tem a vida eterna em si porque Deus fez você renascer para uma esperança viva. Essa vida é indestrutível. Se durante a sua peregrinação sobre a terra de vez em quando você se vê envolvido em negras e espessas nuvens, eu lhe digo: suba, chegue até a presença de Deus! Na presença do Senhor não há neblina, mas pura luz, deleite e enlevo. Dê graças a Deus pela neblina e pelas nuvens escuras em sua vida, que lhe ensinam a se agarrar mais à realidade da vida em Jesus Cristo.

domingo, 24 de junho de 2018

Pérolas Diárias



24 de Junho

"Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito." Provérbios 4.18
Todo mundo gostaria que os dias sempre fossem claros e ensolarados. A neblina é incômoda e até perigosa, e na estrada traz conseqüências desastrosas. Fiquei impressionado com uma experiência que tive nas montanhas das imediações de Zurique, na Suíça, quando a visão não atingia 20 metros. Disse a meus familiares: "Venham, vamos subir até o sol". E de fato, apenas algumas centenas de metros acima, a cerração sumiu repentinamente, e nos encontramos na clara luz do sol.
O mesmo acontece na vida do crente. Será que você não anda muitas vezes por regiões escuras e nebulosas, sem nenhuma visão, com grande perigo de colidir com seu próximo, porque está irritado pela sua falta de visão espiritual? Não lhe parece muitas vezes que, em seu íntimo, só existe desesperança porque o sol da graça se esconde? O que fazer numa situação desesperadora, quando você se sente deprimido e abatido? Faça a única coisa correta: olhe para o alto! "Mais perto quero estar, meu Deus de Ti!" Resistindo ao inimigo e aproximando-se de Deus, as nuvens perigosas de cerração se afastam da sua alma. A escuridão é afastada de você, e imediatamente você obtém novamente a visão clara vinda de cima, de Jesus, o Autor e Consumador da fé!

sábado, 23 de junho de 2018

Pérolas Diárias



23 de Junho

"...No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça." Efésios 1.7
O Senhor consumou tudo! Ele tirou totalmente o poder de toda hierarquia do inferno, de Satanás com todos os seus principados! Mas assim mesmo inúmeros crentes vacilam em colocar seus pés no terreno do Calvário, hesitam em reivindicar para si mesmos o ilimitado poder vitorioso da salvação consumada por Jesus Cristo – e isso em todas as áreas da vida. Você não tem em si mesmo o poder de se livrar de todo o tipo de comportamento compulsivo e de desvios de conduta. Mas você pode – pela fé – colocar seus pés no terreno do Calvário – como Israel na antigüidade – e passo a passo tomar conta do terreno da salvação. Desta maneira, você reivindica e toma posse de um poder que se encontra fora da sua própria pessoa: o maravilhoso, inconcebível e ilimitado poder do precioso sangue de Jesus.
Está na hora de você finalmente começar a reivindicar para você pessoalmente o terreno da salvação, que foi ganho para nós por meio de Jesus Cristo na cruz do Calvário, pois para você também vale: "...ainda muitíssima terra ficou para se possuir."

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Pérolas Diárias



22 de Junho

"Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora à semelhança do ramo, e secará; e o apanham, lançam no fogo e o queimam." João 15.6
Se nos perguntamos: "Será que hoje Deus ainda quer dar um avivamento?", percebemos o que devemos fazer. Pois o contrário de avivamento é um coração rebelde, o lento entorpecimento e, por fim, a morte espiritual. Crentes tornam-se ramos inúteis, que não servem para mais nada do que serem lançados no fogo para serem queimados. A essência das palavras de Jesus é clara: em todo tempo somos testemunhas de Jesus, ou a favor dEle ou contra Ele. Pois um ramo na videira é um ramo destinado a dar frutos. Quando encosto o meu ouvido à Bíblia, ouço, pelo Espírito Santo de Deus, o chamado para o avivamento dos cristãos que atualmente vegetam, e, como que sonhando, estão sem poder, sem autoridade e sem frutos. Por que você acha que tantas doutrinas erradas e demoníacas experimentam um avanço tão poderoso hoje em dia? Porque falta o movimento contrário, que vem do alto, através do Espírito de Deus, por intermédio de crentes fervorosos. Por isso o Espírito Santo tenta despertar e animar você nesse instante: "...arai o campo de pousio; porque é tempo de buscar ao Senhor."

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Pérolas Diárias



21 de Junho

"...Mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam." Isaías 40.31
Você está de fato aguardando a volta de Jesus? Ou você espera tempos melhores? Estes com certeza não virão! Ficará cada vez pior. É preferível você não se comportar como se fosse viver para sempre neste mundo! Seja honesto: os anos passam com rapidez tremenda. De repente já não estaremos mais aqui. Esperando por Jesus, você sempre receberá novas forças e o cansaço crônico desaparecerá. As Escrituras nos dizem: "Sede vós semelhantes a homens que esperam pelo seu senhor..." O fato terrível em nossos dias é vermos cair muitos ao nosso redor porque não vivem mais neste primeiro amor ardente, nesta entrega a Jesus Cristo. Eles não têm mais o espírito de oração e não mais entregariam suas vidas pelos perdidos. Tornaram-se indiferentes. Se você sabe que perdeu este amor ardente por Jesus Cristo, se você não espera mais por Ele com desejo de vê-lO, faça um novo começo agora mesmo! Deixe-se purificar – pelo precioso sangue de Jesus – dessa perda do primeiro amor, de toda impureza e de todos os pecados. Pois, quem sabe, talvez o dia de hoje seja o seu último dia aqui sobre a terra e o primeiro dia na etenidade!

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Pérolas Diárias



20 de Junho

"Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam." 1 Coríntios 2.9
O que nos trará o primeiro dia na eternidade? Se juntos quisermos analisar esse ponto, só ficaremos com suposições. Mas a Bíblia nos diz algo bem concreto, ou seja: "...havemos de vê-lo como ele é." Embora sintamos neste mundo a presença de Deus, mesmo que experimentemos Sua ajuda, Sua bondade e amor, nunca O vemos como Ele de fato é. Vê-lO será indescritível glória! Não pense que Jesus é como você O experimentou, pois Ele é infinitamente mais glorioso, maior e mais excelso. Nossa luta maior nesta época é – pela fé – poder entrar nesse descanso glorioso. Não esqueçamos que o primeiro dia do homem aqui sobre a terra foi um dia de descanso. Depois veio a inquietação do pecado, e eis que Deus criou um novo descanso, e isto por meio de Jesus Cristo. O primeiro dia na eternidade será descanso glorioso por meio de Jesus Cristo para todos aqueles que foram salvos por meio da obra de Jesus consumada na cruz do Calvário!

terça-feira, 19 de junho de 2018

Pérolas Diárias



19 de Junho

"Assim também agora vós tendes tristeza, mas outra vez vos verei; o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria ninguém poderá tirar." João 16.22
O primeiro dia na eternidade nos traz a resposta final a todas as nossas perguntas não respondidas aqui na terra. Jesus disse em relação a isso: "Naquele dia nada me perguntareis." E por que não? Porque o próprio Senhor Jesus, crucificado e ressuscitado, será a resposta a todas as perguntas! De maneira nenhuma podemos explicar isso logicamente, pois esse mistério está oculto no Calvário. O Calvário é a grande, maravilhosa e estranha resposta de Deus a todas as berrantes injustiças e a todos os absurdos; é a explicação para os caminhos penosos que você tem que seguir e experimentar aqui na terra. No nosso último dia aqui, quando nossos olhos se fecharem, no mesmo momento eles se abrirão na eternidade e verão o que aqui nunca puderam ver. Este primeiro dia na eternidade nos trará ainda muito mais, ou seja, trará o fim de todas as nossas fadigas físicas, pois temos a promessa: "...o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, segundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as cousas."

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Pérolas Diárias



18 de Junho

"E, assim como trouxemos a imagem do que é terreno, devemos trazer também a imagem do celestial." 1 Coríntios 15.49
Onde você estará na eternidade? Isso depende unicamente da sua posição em relação a Jesus. Aquele que ama a Jesus e O segue como Cordeiro de Deus, esse também alcançará o alvo. Seu último dia aqui na terra, portanto, será o seu primeiro dia na eternidade com Jesus. O que acontecerá nesse dia? Primeiramente a grande mudança. Por ocasião da sua morte ou na vinda de Jesus você se muda de sua casa terrena e entra na casa do Pai onde há muitas moradas. Não esqueçamos: vivemos aqui em nossa casa terrena em prontidão aguardando a chamada que pode ocorrer muito de repente. Um "prazo" só ocorre raramente. Portanto, quando você tiver de sair repentinamente da sua casa terrena, não estará "na rua", pois o próprio Jesus preparou uma morada para você, desde que você O siga de coração. Ele já foi adiante de nós e nos garante na Sua Palavra: "Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito." Como é maravilhoso sabermos: há uma morada preparada para mim, prometida pelo próprio Senhor Jesus!

domingo, 17 de junho de 2018

Pérolas Diárias



17 de Junho

"Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas..." João 14.1-2
Como será maravilhoso quando chegaremos à casa do Pai! Em nossa vida há muitos "primeiros dias" dos quais todos nós nos lembramos: o primeiro dia na escola, o primeiro dia no emprego, etc. Todos esses são dias inesquecíveis, especialmente o primeiro dia na nossa vida espiritual, o dia da conversão, que sempre deve ser uma lembrança viva para nós. Mas você jamais deveria dizer: "O primeiro dia depois da minha conversão foi o dia mais glorioso da minha vida". Pois essa glória, esse amor ardente que você tinha logo que se converteu você precisa também agora. Você tem hoje o mesmo Salvador que teve naquela oportunidade! As Escrituras dizem: "Jesus Cristo ontem e hoje é o mesmo, e o será para sempre." O primeiro dia que você passará na eternidade será o seu último dia sobre esta terra! Essa grandiosa realidade não deve ser ignorada. Não é em vão que o salmista diz: "Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio." Os tolos que vivem e se comportam nessa vida como se fossem viver eternamente são cegos, pois todos nós passaremos para a eternidade, e isso muitas vezes acontece repentina e inevitavelmente. Esse dia "X" será nosso último dia aqui sobre a terra e o primeiro dia na eternidade.

sábado, 16 de junho de 2018

Pérolas Diárias



16 de Junho

"Visto, pois, que os filhos têm participação comum de carne e sangue, destes também ele, igualmente, participou, para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte..." Hebreus 2.14
Isso não quer dizer outra coisa do que Jesus Cristo, o eterno Filho de Deus, ter se identificado com a morte. Ele mesmo lutou com a morte. Não com a morte que quis matá-lO, mas pura e simplesmente com o obscuro e terrível poder da morte; Jesus venceu tirando-lhe o poder e a força que exercia. Paulo diz: "O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei."
A lei de Deus torna o pecado terrível e nos acusa; o aguilhão da morte é o pecado que nos separa de Deus. Mas, assim mesmo, o apóstolo exclama triunfantemente: "Tragada foi a morte pela vitória." Por isso, Paulo pode testificar também que, para ele, a morte não significa mais morte: "Tendo o desejo de partir e estar com Cristo." Certamente muitos leitores concordarão com esse "desejo de partir", mas existe a dúvida: "Será que isso tudo é realmente verdade?" Se há essa dúvida em seu coração, você deve se envergonhar, pois o Senhor Jesus prometeu a vida eterna a todos os que se arrependerem genuinamente: "...hoje estarás comigo no paraíso."

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Pérolas Diárias



15 de Junho

"Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, alegrai-vos." Filipenses 4.4
O Senhor Jesus disse: "Vós sois a luz do mundo". A luz se vê. Ela não fala, mas alumia. É assim que a alegria verdadeira e genuína contagia. Uma outra passagem diz: "...para que, segundo a riqueza da sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito no homem interior." O poder divino em nossas vidas é percebido pelo mundo que nos cerca. Pessoas que vivem em grande fraqueza espiritual são dominadas por um grande desejo de possuir esse poder. O poder de Deus brilha através da sua fraqueza ou você tem de compensar a falta de poder usando muitas palavras? O Senhor Jesus diz que quer nos dar descanso: "...aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas." E para que isso aconteça temos de ir até Jesus! Como é maravilhoso quando irradiamos essa tranqüilidade soberana no meio do corre-corre do dia-a-dia. Pois isso toca o coração das pessoas agitadas, e elas passam a desejar essa paz interior que só possui quem segue a Deus. Elas anseiam por Jesus e começam a implorar: "Na inquietação, Jesus, seja Tu a minha profunda paz".

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Pérolas Diárias



14 de Junho

"Então ouvi uma como voz de numerosa multidão, como de muitas águas, e como de fortes trovões, dizendo: Aleluia! pois reina o Senhor nosso Deus, o Todo-Poderoso."Apocalipse 19.6
Não deveríamos nós, como cristãos, que estamos a caminho dessa eterna glória, tomar como exemplo aquilo que no céu merece tanto empenho e tanto tempo? Descuidamos totalmente o louvor e as ações de graça para com nosso Senhor! Se a tarefa mais importante dos anjos consiste em louvar a Deus, deve haver um motivo muito importante para isso. Se o céu julga suficientemente importante que Deus seja louvado dia e noite pelos querubins, isso deve ter conseqüências poderosas (comp. Ap 4.8-11). Examinemos concretamente o assunto desta maneira: se a tarefa mais importante dos exércitos celestiais consiste em louvar a Deus, logicamente a tarefa primordial dos homens também deveria consistir na adoração, no louvor e no agradecimento ao Senhor. Ao louvarmos e adorarmos ao Senhor somos transformados passo a passo de glória em glória na semelhança do Deus eterno. Por isso quero dizer que adoração é a mais significativa atividade; ela dá a Deus a condição de alcançar o alvo mais elevado do Universo, que é conduzir muitos filhos e filhas à glória.

Doações para manutenção

Banco Bradesco
Ag. 1804-0 c/c 00585785

Banco Bradesco
Ag.1804-0 conta poupança 1008973-5