quarta-feira, 31 de julho de 2013

Todo Dia Com Jesus

Lucas 12:13-31

O Senhor é indagado por alguém da multidão acerca da divisão de uma herança. Ele aproveita a questão para demonstrar a raiz de todas estas disputas: a avareza. "Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males" (1 Timóteo 6:10). A parábola do homem rico e seus celeiros, sempre muito pequenos para ele, ilustra a paixão de amontoar os bens materiais. O afã de encher os bolsos, armazenar, calcular e fazer projetos antecipados, pode levar o nome de providência. Pois bem, mas tal atitude, pelo contrário, revela uma extrema falta de providência, pois significa descuidar e perder o que temos de mais precioso: ... a nossa alma! O homem rico, em sua loucura, cria que estava satisfazendo a sua alma ao oferecer a si mesmo "muitos bens" (v. 19). Mas a alma imortal necessita de um outro tipo de alimento. Sim, "insensato" é o nome que Deus atribui a esse homem; "e no seu fim será insensato" (Jeremias 17:11b). Sobre quantos túmulos se poderia escrever um tal epitáfio? (Salmo 52:7).
Em contrapartida, o Senhor Jesus ensina aos Seus que a verdadeira provisão consiste em colocar sua confiança em Deus. Toda ansiedade quanto a nossas necessidades diárias sucumbe quando se leva em conta esta verdade: "Vosso Pai sabe que necessitais delas" (v. 30). Se buscamos primeiro o Seu reino e os Seus interesses, Ele se encarregará inteiramente dos nossos. (Provérbios 23:4)

Perlla fará tarde de autógrafos no mercado popular da Uruguaiana

Imagem: DivulgaçãoNo dia 7 de agosto, acontecerá uma tarde de autógrafos com a Perlla, no centro do Rio de Janeiro. A cantora estará no mercado popular da Uruguaiana para divulgar o seu primeiro CD pela Central Gospel Music, ‘A minha vida mudou’. O evento será realizado na Loja Sonhos de Deus, e terá início às 12h.
Desde o lançamento do seu álbum, Perlla vem se destacando com suas músicas de trabalho ‘A minha vida mudou (pra sempre)’ e ‘A vitória já é minha’, canções que já caíram no gosto dos jovens e têm sido tocadas em diversas rádios e eventos evangelísticos pelo Brasil.
Imagem: DivulgaçãoConfira o endereço da Loja Sonhos de Deus:
RUA SENHOR DOS PASSOS, QUADRA B, BOX 250
CENTRO – RIO DE JANEIRO
Participe e traga sua família!
Aproveite para adquirir o CD ‘A minha vida mudou’ na loja virtual da Central Gospel ou pelo televendas (21) 2187-7000 .

Divórcio não é saída de emergência, diz pastor Josué Gonçalves

Divórcio não é saída de emergência, diz pastor Josué GonçalvesDivórcio não é saída de emergência, diz pastor Josué Gonçalves
Referência no ministério para casais, o pastor Josué Gonçalves reconhece a importância de ministrar para as famílias e vê com entusiasmo o aumento do número de pastores interessados em usar a Palavra de Deus para ajudar a restaurar casamentos.
Com um estande na Feira Internacional Cristã (FIC), que aconteceu entre os dias 17 e 20 de julho em São Paulo, o pastor líder do ministério “Amo Família” estava lançando cinco livros e quatro DVDs com mensagens para as famílias, abordando assuntos como espiritualidade, criação de filhos e a importância do sexo no casamento.
Em entrevista ao Gospel Prime ele listou alguns pontos importantes para fazer um casamento ser bem sucedido e iniciou seu ensinamento falando sobre o começo desta união.
“O casal primeiro tem que ter começado certo. Como aconteceu a emancipação, a saída da casa dos pais?”, questiona. “Isso é um ponto importante. Eu costumo dizer que a forma como o casal sai da casa dos pais pode determinar a benção ou a falta dela”.
Outro ponto importante para que o casamento dê certo é o projeto de vida deste casal. De acordo com o pastor é preciso saber onde se quer chegar e assim traçar objetivos para conquistar esse alvo.
“A maioria dos casais não sabem o que querem e por isso não tem metas. Consequentemente vão levando a vida empurrando com a barriga”, diz. O autor do livro “A família que Deus criou” dá uma dica interessante: estabeleça metas. “Quando o casal estabelece metas, essas metas se tornam realidade”.
Como líder espiritual e especialista no tema familiar, Josué Gonçalves lembra da importância da família dos noivos. Os pais são figuras de autoridade espiritual e a boa convivência com a família determina o bom relacionamento do casal.
“Está provado que boa parte dos conflitos está relacionada com a falta de habilidade de se relacionar com a família do outro ou com a sua própria família”, disse.
A quarta e última dica dada pelo pastor aos leitores do site se refere à área financeira do casal. “Uma das causas dos conflitos nos casamentos é a questão financeira”, diz ele indicando que os casais precisam desenvolver habilidades para administrar o dinheiro da casa.

Divórcio não é saída de emergência

É impossível falar sobre casamento sem citar os números crescentes de divórcios até mesmo entre casais cristãos. As estatísticas mostram até que não há diferença nos números de separações entre pessoas religiosas e não religiosas.
“O divórcio, infelizmente, ao invés de ser visto como porta de emergência, está sendo visto como porta de saída”, disse Josué Gonçalves.
Na visão do pastor os casais estão procurando o divórcio antes mesmo de tentar resolver os problemas. “Antes [de se divorciar] o casal deve buscar todas as alternativas possíveis para tentar salvar o casamento”.
O conselho que o pastor dá aos casais que estão em crise ou querem evitar conflitos é começar a prestar contas um para o outro. “Casamento é uma sociedade para toda a vida e em uma sociedade os dois precisam prestar contas”.

MC Dentinho conta como deixou as drogas e se converteu

MC Dentinho conta como deixou as drogas e se converteuMC Dentinho.
O MC Dentinho contou sua história de vida e seu testemunho pessoal no programa Nunca É Tarde, na Rede Super, depois de fazer muito sucesso no meio secular, o cantor encontrou em Cristo a saída para as drogas.
O cantor se envolveu com drogas aos 7 anos de idade e aos 11 já estava viciado. O consumo diminuiu quando ele se casou, isso aos 18 anos, mas com o tempo ele foi se afundando mais no consumo de cocaína e de um chá alucinógeno.
Seu problema com entorpecentes foi crescendo juntamente com o sucesso da dupla que ele formou com Nando [Nando e Dentinho], juntos eles interpretavam canções ainda hoje conhecidas no cenário “Rap da diferença”, “Malha funk”, “Bate na palma da mão” e outros.
“Eu sou um milagre, tive dois infartos e três AVCs. Tive um câncer no cérebro, metade do meu pulmão estava comprometida por causa da droga”, relatou.
Dentinho sabe que só sobreviveu a essa vida de excessos graças as orações de sua esposa e filha. “Sempre que eu chegava em casa encontrava minha esposa de joelhos no chão”, disse ele que nessa época estava morando na rua.
Seu encontro com Deus aconteceu quando ele encontrou um homem ouvindo uma canção de André Valadão. Foi então que ele ouviu a voz de Deus e resolveu voltar para a casa. Naquele dia ele foi levado para uma igreja. “Quando entrei tinha acabado o louvor e o pastor falou uma frase que entrou como flecha no meu coração: ‘Só Jesus liberta’”.
Depois daquele dia ele passou a se envolver com a igreja e foi liberto do vício das drogas. Anos mais tarde ele se sentiu preparado para gravar um CD evangélico, mas ele deixa claro que só aceita convites para cantar se tiver a oportunidade de contar esse testemunho.

Jeremias 32

1 A PALAVRA que veio a Jeremias da parte do Senhor, no ano décimo de Zedequias, rei de Judá, o qual foi o décimo oitavo de Nabucodonosor.
2 Ora, nesse tempo o exército do rei de Babilônia cercava Jerusalém; e Jeremias, o profeta, estava encerrado no pátio da guarda que estava na casa do rei de Judá;
3 Porque Zedequias, rei de Judá, o tinha encerrado, dizendo: Por que profetizas tu, dizendo: Assim diz o Senhor: Eis que entrego esta cidade na mão do rei de Babilônia, e ele a tomará;
4 E Zedequias, rei de Judá, não escapará das mãos dos caldeus; mas certamente será entregue na mão do rei de Babilônia, e com ele falará boca a boca, e os seus olhos verão os dele;
5 E ele levará Zedequias para Babilônia, e ali estará, até que eu o visite, diz o Senhor e, ainda que pelejeis contra os caldeus, não ganhareis?
6 Disse, pois, Jeremias: Veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
7 Eis que Hanameel, filho de Salum, teu tio, virá a ti dizendo: Compra para ti a minha herdade que está em Anatote, pois tens o direito de resgate para comprá-la.
8 Veio, pois, a mim Hanameel, filho de meu tio, segundo a palavra do Senhor, ao pátio da guarda, e me disse: Compra agora a minha herdade que está em Anatote, na terra de Benjamim; porque teu é o direito de herança, e tens o resgate; compra-a para ti. Então entendi que isto era a palavra do Senhor.
9 Comprei, pois, a herdade de Hanameel, filho de meu tio, a qual está em Anatote; e pesei-lhe o dinheiro, dezessete siclos de prata.
10 E assinei a escritura, e selei-a, e fiz confirmar por testemunhas; e pesei-lhe o dinheiro numa balança.
11 E tomei a escritura da compra, selada segundo a lei e os estatutos, e a cópia aberta.
12 E dei a escritura da compra a Baruque, filho de Nerias, filho de Maaséias, na presença de Hanameel, filho de meu tio e na presença das testemunhas, que subscreveram a escritura da compra, e na presença de todos os judeus que se assentavam no pátio da guarda.
13 E dei ordem a Baruque, na presença deles, dizendo:
14 Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Toma estas escrituras, este auto de compra, tanto a selada, como a aberta, e coloca-as num vaso de barro, para que se possam conservar muitos dias.
15 Porque assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ainda se comprarão casas, e campos, e vinhas nesta terra.
16 E depois que dei a escritura da compra a Baruque, filho de Nerias, orei ao Senhor, dizendo:
17 Ah Senhor Deus! Eis que tu fizeste os céus e a terra com o teu grande poder, e com o teu braço estendido; nada há que te seja demasiado difícil;
18 Tu que usas de benignidade com milhares, e retribuis a maldade dos pais ao seio dos filhos depois deles; o grande, o poderoso Deus cujo nome é o Senhor dos Exércitos;
19 Grande em conselho, e magnífico em obras; porque os teus olhos estão abertos sobre todos os caminhos dos filhos dos homens, para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas obras;
20 Tu puseste sinais e maravilhas na terra do Egito até ao dia de hoje, tanto em Israel, como entre os outros homens, e te fizeste um nome, o qual tu tens neste dia.
21 E tiraste o teu povo Israel da terra do Egito, com sinais e com maravilhas, e com mão forte, e com braço estendido, e com grande espanto,
22 E lhes deste esta terra, que juraste a seus pais que lhes havias de dar, terra que mana leite e mel.
23 E entraram nela, e a possuíram, mas não obedeceram à tua voz, nem andaram na tua lei; tudo o que lhes mandaste que fizessem, eles não o fizeram; por isso ordenaste lhes sucedesse todo este mal.
24 Eis aqui os valados; já vieram contra a cidade para tomá-la, e a cidade está entregue na mão dos caldeus, que pelejam contra ela, pela espada, pela fome e pela pestilência; e o que disseste se cumpriu, e eis aqui o estás presenciando.
25 Contudo tu me disseste, ó Senhor Deus: Compra para ti o campo por dinheiro, e faze que o confirmem testemunhas, embora a cidade já esteja entregue na mão dos caldeus.
26 Então veio a palavra do Senhor a Jeremias, dizendo:
27 Eis que eu sou o Senhor, o Deus de toda a carne; acaso haveria alguma coisa demasiado difícil para mim?
28 Portanto assim diz o Senhor: Eis que eu entrego esta cidade na mão dos caldeus, e na mão de Nabucodonosor, rei de Babilônia, e ele a tomará.
29 E os caldeus, que pelejam contra esta cidade, entrarão nela, e por-lhe-ão fogo, e queimarão, as casas sobre cujos terraços queimaram incenso a Baal e ofereceram libações a outros deuses, para me provocarem à ira.
30 Porque os filhos de Israel e os filhos de Judá não fizeram senão mal aos meus olhos, desde a sua mocidade; porque os filhos de Israel nada fizeram senão provocar-me à ira com as obras das suas mãos, diz o Senhor.
31 Porque para a minha ira e para o meu furor me tem sido esta cidade, desde o dia em que a edificaram, e até ao dia de hoje, para que a tirasse da minha presença;
32 Por causa de toda a maldade dos filhos de Israel, e dos filhos de Judá, que fizeram, para me provocarem à ira, eles e os seus reis, os seus príncipes, os seus sacerdotes, e os seus profetas, como também os homens de Judá e os moradores de Jerusalém.
33 E viraram-me as costas, e não o rosto; ainda que eu os ensinava, madrugando e ensinando-os, contudo eles não deram ouvidos, para receberem o ensino.
34 Antes puseram as suas abominações na casa que se chama pelo meu nome, para a profanarem.
35 E edificaram os altos de Baal, que estão no Vale do Filho de Hinom, para fazerem passar seus filhos e suas filhas pelo fogo a Moloque; o que nunca lhes ordenei, nem veio ao meu coração, que fizessem tal abominação, para fazerem pecar a Judá.
36 E por isso agora assim diz o Senhor, o Deus de Israel, acerca desta cidade, da qual vós dizeis: Já está dada na mão do rei de Babilônia, pela espada, pela fome, e pela pestilência:
37 Eis que eu os congregarei de todas as terras, para onde os tenho lançado na minha ira, e no meu furor, e na minha grande indignação; e os tornarei a trazer a este lugar, e farei que habitem nele seguramente.
38 E eles serão o meu povo, e eu lhes serei o seu Deus;
39 E lhes darei um mesmo coração, e um só caminho, para que me temam todos os dias, para seu bem, e o bem de seus filhos, depois deles.
40 E farei com eles uma aliança eterna de não me desviar de fazer-lhes o bem; e porei o meu temor nos seus corações, para que nunca se apartem de mim.
41 E alegrar-me-ei deles, fazendo-lhes bem; e plantá-los-ei nesta terra firmemente, com todo o meu coração e com toda a minha alma.
42 Porque assim diz o Senhor: Como eu trouxe sobre este povo todo este grande mal, assim eu trarei sobre ele todo o bem que lhes tenho declarado.
43 E comprar-se-ão campos nesta terra, da qual vós dizeis: Está desolada, sem homens, sem animais; está entregue na mão dos caldeus.
44 Comprarão campos por dinheiro, e assinarão as escrituras, e as selarão, e farão que confirmem testemunhas, na terra de Benjamim, e nos contornos de Jerusalém, e nas cidades de Judá, e nas cidades das montanhas, e nas cidades das planícies, e nas cidades do sul; porque os farei voltar do seu cativeiro, diz o Senhor.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Todo Dia Com Jesus

Lucas 12:1-12

Ainda havia uma outra forma em que a hipocrisia que caracterizava os fariseus podia se constituir num perigo para os discípulos: que os seguidores do Senhor Jesus escondam aos olhos do mundo sua relação com Ele. Eis por que o Senhor, na presença do povo, anima os Seus a confessá-LO abertamente diante dos homens sem temer as conseqüências. Sabemos que, de fato, terríveis perseguições esperavam os discípulos e os cristãos dos primeiros séculos. Com ternura o Senhor prepara os Seus amigos (v. 4) para esses dias difíceis e direciona os Seus pensamentos ao Pai celestial. Deus, que Se preocupa com um pardal de ínfimo valor, não teria cuidado de Seus filhos que passam por tribulação? E, ademais, quando eles fossem chamados a testificar, não deveriam se preocupar, porque o Espírito Santo lhes ensinaria as coisas que deveriam dizer.
Em nossos dias, na maioria dos países ocidentais, os crentes não são maltratados nem perseguidos até a morte. Mas, se são fiéis, serão, sim, odiados e menosprezados pelo mundo, algo que é sempre duro de suportar. Por isso estas exortações e as promessas que as acompanham também valem para nós. Peçamos ao Senhor que nos dê mais coragem para confessar o Seu precioso nome.

Pastor Silas Malafaia no programa ‘Na Moral’ com Bial

O programa irá ao ar na próxima quarta-feira
O programa irá ao ar na próxima quinta-feira
O pastor Silas Malafaia participou da gravação do programa ‘Na Moral’, que será exibido na próxima quinta-feira, 1º de agosto, às 23h50, na TV Globo. Apresentado pelo jornalista Pedro Bial, o programa discutiu a questão do Estado Laico e contou ainda com a presença de um ateu, um padre e um espírita.
“O programa teve muitas partes quentes. A dúvida é saber o que vai ao ar. Dependerá da edição. Foram quase duas horas de gravação para um programa de 35 minutos”, ressaltou o pastor, antes de fazer as considerações abaixo.
Pastor Silas comenta:
Quem tem medo de desafios e de correr riscos fique em casa e seja mais um na multidão. Tenho aprendido com a Bíblia que não devemos temer nenhuma confrontação da nossa fé. Se sou convidado para um programa que eu sei que vai ter edições, estou correndo risco. Entretanto, como conheço um pouco de TV, também sei que não dá para editar tudo. Eles podem colocar alguns dos meus momentos não muito bons, mas também não dá para colocar só isso, senão o programa perde a graça. Eu tive embates fortes com o ateu.
Acredito que Deus, por Sua infinita bondade, tem me preparado nesses mais de 30 anos na TV para não ter medo de câmeras nem da confrontação. A minha oração foi esta: que o Espírito Santo estivesse na edição. Como vou me omitir diante de um assunto desse? O meu desejo é que Deus seja glorificado.
Ao assistir ao programa, antes de julgar-me, lembre-se de que existem edições.
Na Moral vai ao ar no dia 1º de agosto, às 23h50, na TV Globo.

Cassiane e Jairinho assumem Assembleia de Deus em Alphaville

Cassiane e Jairinho assumem Assembleia de Deus em AlphavilleCassiane e Jairinho assumem Assembleia de Deus em Alphaville
Cassiane e Jairinho serão os líderes da Assembleia de Deus Alphaville, em Barueri, São Paulo. O convite foi oficializado no último dia 21 na Assembleia de Deus do Brás, presidida pelo pastor Samuel Ferreira.
O casal foi recebido pelo presidente do Conselho de Pastores de São Paulo, pastor Jabes Alencar, e comemoraram o convite. “Fomos bem recebidos pelo pastor presidente do conselho, Jabes Alencar. Pastores do ministério ADBRÁS e todos foram solícitos em nos receber. Como eu sempre digo, debaixo de obediência Deus sempre honrara as nossas atitudes”, disse Jairinho com exclusividade ao Gospel Prime.
Consagrada à primeira pastora das Assembleias de Deus, a cantora Cassiane, usou o Twitter para comemorar a nova fase no ministério: “Eu e Jairinho Manhães estamos vindo pastorear Alphaville debaixo da benção dos nossos pastores; João Nunes, Abner Ferreira e Samuel Ferreira”, escreveu.
Jairinho e Cassiane foram consagrados pastores em 2005 e eram responsáveis pelo “Culto da Benção”, em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, igreja presidida pelo pastor João Nunes, subordinado à Assembleia de Deus em Madureira.

Jeremias 31

1 NAQUELE tempo, diz o Senhor, serei o Deus de todas as famílias de Israel, e elas serão o meu povo.
2 Assim diz o Senhor: O povo dos que escaparam da espada achou graça no deserto. Israel mesmo, quando eu o fizer descansar.
3 Há muito que o Senhor me apareceu, dizendo: Porquanto com amor eterno te amei, por isso com benignidade te atraí.
4 Ainda te edificarei, e serás edificada, ó virgem de Israel! Ainda serás adornada com os teus tamboris, e sairás nas danças dos que se alegram.
5 Ainda plantarás vinhas nos montes de Samaria; os plantadores as plantarão e comerão como coisas comuns.
6 Porque haverá um dia em que gritarão os vigias sobre o monte de Efraim: Levantai-vos, e subamos a Sião, ao Senhor nosso Deus.
7 Porque assim diz o Senhor: Cantai sobre Jacó com alegria, e exultai por causa do chefe das nações; proclamai, cantai louvores, e dizei: Salva, Senhor, ao teu povo, o restante de Israel.
8 Eis que os trarei da terra do norte, e os congregarei das extremidades da terra; entre os quais haverá cegos e aleijados, grávidas e as de parto juntamente; em grande congregação voltarão para aqui.
9 Virão com choro, e com súplicas os levarei; guiá-los-ei aos ribeiros de águas, por caminho direito, no qual não tropeçarão, porque sou um pai para Israel, e Efraim é o meu primogênito.
10 Ouvi a palavra do Senhor, ó nações, e anunciai-a nas ilhas longínquas, e dizei: Aquele que espalhou a Israel o congregará e o guardará, como o pastor ao seu rebanho.
11 Porque o Senhor resgatou a Jacó, e o livrou da mão do que era mais forte do que ele.
12 Assim que virão, e exultarão no alto de Sião, e correrão aos bens do Senhor, ao trigo, e ao mosto, e ao azeite, e aos cordeiros e bezerros; e a sua alma será como um jardim regado, e nunca mais andarão tristes.
13 Então a virgem se alegrará na dança, como também os jovens e os velhos juntamente; e tornarei o seu pranto em alegria, e os consolarei, e lhes darei alegria em lugar de tristeza.
14 E saciarei a alma dos sacerdotes com gordura, e o meu povo se fartará dos meus bens, diz o Senhor.
15 Assim diz o Senhor: Uma voz se ouviu em Ramá, lamentação, choro amargo; Raquel chora seus filhos; não quer ser consolada quanto a seus filhos, porque já não existem.
16 Assim diz o Senhor: Reprime a tua voz de choro, e as lágrimas de teus olhos; porque há galardão para o teu trabalho, diz o Senhor, pois eles voltarão da terra do inimigo.
17 E há esperança quanto ao teu futuro, diz o Senhor, porque teus filhos voltarão para os seus termos.
18 Bem ouvi eu que Efraim se queixava, dizendo: Castigaste-me e fui castigado, como novilho ainda não domado; converte-me, e converter-me-ei, porque tu és o Senhor meu Deus.
19 Na verdade que, depois que me converti, tive arrependimento; e depois que fui instruído, bati na minha coxa; fiquei confuso, e também me envergonhei; porque suportei o opróbrio da minha mocidade.
20 Não é Efraim para mim um filho precioso, criança das minhas delícias? Porque depois que falo contra ele, ainda me lembro dele solicitamente; por isso se comovem por ele as minhas entranhas; deveras me compadecerei dele, diz o Senhor.
21 Levanta para ti sinais, faze para ti altos marcos, aplica o teu coração à vereda, ao caminho por onde andaste; volta, pois, ó virgem de Israel, regressa a estas tuas cidades.
22 Até quando andarás errante, ó filha rebelde? Porque o Senhor criou uma coisa nova sobre a terra; uma mulher cercará a um homem.
23 Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ainda dirão esta palavra na terra de Judá, e nas suas cidades, quando eu vos restaurar do seu cativeiro: O Senhor te abençoe, ó morada de justiça, ó monte de santidade!
24 E nela habitarão Judá, e todas as suas cidades juntamente; como também os lavradores e os que pastoreiam o rebanho.
25 Porque satisfiz a alma cansada, e toda a alma entristecida saciei.
26 Nisto despertei, e olhei, e o meu sono foi doce para mim.
27 Eis que dias vêm, diz o Senhor, em que semearei a casa de Israel, e a casa de Judá, com a semente de homens, e com a semente de animais.
28 E será que, como velei sobre eles, para arrancar, e para derrubar, e para transtornar, e para destruir, e para afligir, assim velarei sobre eles, para edificar e para plantar, diz o Senhor.
29 Naqueles dias nunca mais dirão: Os pais comeram uvas verdes, e os dentes dos filhos se embotaram.
30 Mas cada um morrerá pela sua iniqüidade; de todo o homem que comer as uvas verdes os dentes se embotarão.
31 Eis que dias vêm, diz o Senhor, em que farei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa de Judá.
32 Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; porque eles invalidaram a minha aliança apesar de eu os haver desposado, diz o Senhor.
33 Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.
34 E não ensinará mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao Senhor; porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o Senhor; porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados.
35 Assim diz o Senhor, que dá o sol para luz do dia, e as ordenanças da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, bramando as suas ondas; o Senhor dos Exércitos é o seu nome.
36 Se falharem estas ordenanças de diante de mim, diz o Senhor, deixará também a descendência de Israel de ser uma nação diante de mim para sempre.
37 Assim disse o Senhor: Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da terra cá em baixo, também eu rejeitarei toda a descendência de Israel, por tudo quanto fizeram, diz o Senhor.
38 Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que esta cidade será reedificada para o Senhor, desde a torre de Hanameel até à porta da esquina.
39 E a linha de medir estender-se-á para diante dela, até ao outeiro de Garebe, e virar-se-á para Goa.
40 E todo o vale dos cadáveres e da cinza, e todos os campos até ao ribeiro de Cedrom, até à esquina da porta dos cavalos para o oriente, serão consagrados ao Senhor; não se arrancará nem se derrubará mais eternamente.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Todo Dia Com Jesus

Lucas 11:37-54

Pela segunda vez, o Senhor Jesus é convidado a comer com um fariseu (compare capítulo 7:36). Desta vez o Seu anfitrião até ousa criticá-LO. Então, num discurso veemente, Aquele que conhece os corações dos homens denuncia a maldade e a hipocrisia desta classe que tinha responsabilidade diante do povo. Dando uma piedosa aparência aos olhos dos homens, esses escribas e fariseus escondiam um estado interior de corrupção e de morte, tal como os sepulcros sobre os quais as pessoas pisam sem dar-se conta.
Quem jamais ousaria falar desse modo com aquele que O convidou? Mas, o Senhor Jesus, segundo o testemunho dos próprios fariseus, era verdadeiro e não se importava com quem quer que fosse, porque não olhava a aparência dos homens (Mateus 22:16). Que exemplo para nós que sabemos cuidar tão bem de nossa reputação aplicando palavras amáveis (embora sempre sejam sinceras!). Esta pretensa cortesia, que no fundo é uma prova de falsidade e de formalismo, é o que o Senhor Jesus condenava nos fariseus.
Por não terem podido contradizer o Senhor, Seus adversários buscam surpreendê-LO nalguma falta. Algumas expressões do Salmo 119 nos dão a conhecer as Suas orações enquanto sofria tal oposição (Salmo 119:98, 110, 150...).

O segredo de pertencer ao Reino de Deus

Uma pessoa se torna vitoriosa a partir do momento em que passa a fazer parte do Reino de Deus.
Quando alguém abre o seu coração para aceitar Jesus Cristo como o seu único e suficiente Salvador e Senhor da sua vida, os pecados, todos eles, independente do que a pessoa tenha feito, são perdoados, cancelados e lançados no mar do esquecimento. Então, a pessoa adquire um novo modo de pensar, falar e agir. Ela passa a ter uma nova mentalidade: a mente de Cristo.
Sendo assim, se você deseja ser uma pessoa vitoriosa, abençoada, próspera física, emocional e espiritualmente, abra seu coração e confesse com a sua boca que aceita o Senhor Jesus como o Senhor da sua vida. Visite igrejas evangélicas e faça parte daquela na qual você se sinta bem. Integrando o Corpo de Cristo, você estará alistando-se em um exército de pessoas vitoriosas nesta terra, que, independente das circunstâncias, creem em todas as promessas da Bíblia Sagrada e tomam posse, pela fé, de todas elas.
Convido você a fazer parte deste Reino. Se já faz parte dele, meu convite é para que reforce e renove a sua fé nas promessas de Deus, pois a Palavra nos incentiva a olharmos para Jesus e guardarmos a fé que professamos.
Nunca deixe nada nem ninguém fazer com que você esqueça este grande segredo: Você é uma pessoa amada, aceita, escolhida e chamada por Deus para fazer parte do Seu Reino aqui na terra; portanto, é vitoriosa por meio de Cristo Jesus! Cultive pensamentos e atitudes de alguém que, mesmo passando por adversidades, sabe quem é e a que Reino pertence.
Tome posse deste segredo: você é propriedade exclusiva de Jesus Cristo, você tem a marca dele, o Espírito Santo!
Em Efésios 1.4 (NTLH) está escrito: Antes da criação do mundo, Deus já nos havia escolhido para sermos dele por meio da nossa união com Cristo, a fim de pertencermos somente a Deus e nos apresentarmos diante dele sem culpa.
Viva como uma pessoa vitoriosa, adorando, louvando, agradecendo, intercedendo e fazendo a diferença onde você pisar. Saiba que Ele colocou você nesta terra para desempenhar um propósito específico, que só você pode realizar.
O propósito de Deus para nós é que sejamos cada dia mais parecidos com Ele, que o adoremos diariamente e enchamos a terra de adoradores dele. Foi para isto que Ele nos criou. Estamos aqui para expandir o Seu Reino, que nunca terá fim.
Quando compreender que faz parte do Reino de Deus para ser como Cristo foi aqui, você se esforçará para ser melhor a cada dia e fará o que estiver ao seu alcance para que as pessoas à sua volta e aquelas com as quais se relaciona sejam atraídas a Jesus, tornando-se também melhores.
Deus deseja que na sua família, na sua vizinhança, na sua igreja e no seu trabalho você seja uma bênção e transmita as boas-novas às pessoas. Ele conta com você. Ele tem colocado você em determinados lugares porque, por seu intermédio, pessoas serão alcançadas para Cristo e passarão a fazer parte do Reino de Deus. Creia que o Senhor vai capacitar você [...]. Aceite sua missão e promova o Reino de Deus. Este é o segredo para ser uma pessoa vitoriosa!
(Esse texto da Drª Elizete Malafaia faz parte do suplemento especial Segredos da Mulher Vitoriosa, da Bíblia da Mulher Vitoriosa, da Editora Central Gospel.)

MULHER VITORIOSA

ELIZETE MALAFAIA

Pra. Elizete Malafaia é psicóloga, bacharel em teologia, terapeuta de família, conferencista e coordenadora do Grupo de Terapeutas Cristãos.

Atriz pornográfica entrega sua vida a Deus e afirma: “Obrigado, Jesus! Eu o encontrei, estou em casa!”

Atriz pornográfica entrega sua vida a Deus e afirma: “Obrigado, Jesus! Eu o encontrei, estou em casa!”
Considerada uma das principais estrelas da indústria pornô, a atriz Jenna Presley já participou de mais de 275 filmes pornográficos. Envolvida nesse meio, a atriz de 26, cujo nome verdadeiro é Brittni Ruiz vendeu seu corpo na prostituição, sofreu com o uso de drogas até mesmo tentou se matar. Mas agora Ruiz entregou sua vida a Deus e afirma ter encontrado sua verdadeira vocação na vida.
- Obrigado, Jesus! Eu o encontrei, estou em casa! – declarou, anunciando ter se tornado uma cristã, nascida de novo.
- Foi uma longa jornada de sete anos de pornografia, prostituição, stripping, drogas, álcool e várias tentativas de suicídio fracassadas – completou, falando sobre sua vida passada.
A ex-atriz começou sua carreira aos 15 anos, como dançarina no México. Aos 18 anos, enquanto estava na faculdade, começou a atuar em filmes pornográficos, fazendo entre duas e três cenas por dia, com um pagamento de cerca de 900 dólares por cena.
Ela conta que nesse início fizeram com que ela se sentisse linda e amada, e que fez seu trabalho sem descanso, porque tinha uma aparência muito jovem.
- Eu me senti tão amado naquele dia, porque fui colocada em cabelo e maquiagem. Me disseram que eu era linda. Eu estava indo para ser uma estrela – lembra, contando ainda que os produtores chegaram a vesti-la com roupas e tranças de crianças, o que ela hoje considera um absurdo.
- Parecia que eu tinha 12 anos – lembrou, acrescentando: – É nojento como eles podem caracterizá-la como uma menina. É a perversão completa.
De acordo com Ruiz, a indústria da pornografia começou a ter um impacto devastador sobre sua vida, fazendo com que ela, inclusive, deixasse de ser quem realmente era.
- Isso me deixou me sentindo drenada. Eu estava tão robótica, eu era como uma boneca Barbie de borracha. Eu não tinha emoções. … Eu não era mais Brittni. Tornei-me Jenna Presley. Eu tinha um alter ego – relata, dizendo ainda que se voltou às drogas, como forma de aliviar sua dor interior.
Então, Brittni Ruiz começou a frequentar uma igreja em San Diego, onde conheceu um homem com quem começou a namorar. Porém, pouco tempo depois ele foi i espancado até a morte na frente dela, o que a levou novamente ao abuso de drogas.
Foi quando a XXX Church, um ministério evangelístico que se concentra em ajudar as pessoas a deixar a indústria pornográfica e lutar contra vícios pornográficos, encontrou Ruiz em uma convenção pornô.
Ruiz filmou sua última cena de sexo em novembro de 2012. Ela entregou sua vida a Deus e deixou a indústria. Ela agora trabalha para uma empresa de limousine.
- Foram sete longos anos. Eu odiava o que eu estava fazendo, mas eu me perguntava o que eu iria fazer em seguida – contou Ruiz, que finalizou dizendo: – Eu nunca havia encontrado o amor da minha vida e fui procurá-lo em todos os lugares errados. … Eu finalmente encontrei o amor incondicional de Deus, e eu nunca vou voltar.
Por Dan Martins

Jeremias 30

1 A PALAVRA que do Senhor veio a Jeremias, dizendo:
2 Assim diz o Senhor Deus de Israel: Escreve num livro todas as palavras que te tenho falado.
3 Porque eis que vêm dias, diz o Senhor, em que farei voltar do cativeiro o meu povo Israel, e de Judá, diz o Senhor; e tornarei a trazê-los à terra que dei a seus pais, e a possuirão.
4 E estas são as palavras que disse o Senhor, acerca de Israel e de Judá.
5 Porque assim diz o Senhor: Ouvimos uma voz de tremor, de temor mas não de paz.
6 Perguntai, pois, e vede, se um homem pode dar à luz. Por que, pois, vejo a cada homem com as mãos sobre os lombos como a que está dando à luz? e por que se tornaram pálidos todos os rostos?
7 Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante; e é tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será salvo dela.
8 Porque será naquele dia, diz o Senhor dos Exércitos, que eu quebrarei o seu jugo de sobre o teu pescoço, e quebrarei os teus grilhões; e nunca mais se servirão dele os estrangeiros.
9 Mas servirão ao Senhor, seu Deus, como também a Davi, seu rei, que lhes levantarei.
10 Não temas, pois, tu, ó meu servo Jacó, diz o Senhor, nem te espantes, ó Israel; porque eis que te livrarei de terras de longe, e à tua descendência da terra do seu cativeiro; e Jacó voltará, e descansará, e ficará em sossego, e não haverá quem o atemorize.
11 Porque eu sou contigo, diz o Senhor, para te salvar; porquanto darei fim a todas as nações entre as quais te espalhei; a ti, porém, não darei fim, mas castigar-te-ei com medida, e de todo não te terei por inocente.
12 Porque assim diz o Senhor: A tua ferida é incurável; a tua chaga é dolorosa.
13 Não há quem defenda a tua causa para te aplicar curativo; não tens remédios que possam curar.
14 Todos os teus amantes se esqueceram de ti, e não perguntam por ti; porque te feri com ferida de inimigo, e com castigo de quem é cruel, pela grandeza da tua maldade e multidão de teus pecados.
15 Por que gritas por causa da tua ferida? Tua dor é incurável. Pela grandeza de tua maldade, e multidão de teus pecados, eu fiz estas coisas.
16 Por isso todos os que te devoram serão devorados; e todos os teus adversários irão, todos eles, para o cativeiro; e os que te roubam serão roubados, e a todos os que te despojam entregarei ao saque.
17 Porque te restaurarei a saúde, e te curarei as tuas chagas, diz o Senhor; porquanto te chamaram a repudiada, dizendo: É Sião, já ninguém pergunta por ela.
18 Assim diz o Senhor: Eis que farei voltar do cativeiro das tendas de Jacó, e apiedar-me-ei das suas moradas; e a cidade será reedificada sobre o seu montão, e o palácio permanecerá como habitualmente.
19 E sairá deles o louvor e a voz de júbilo; e multiplicá-los-ei, e não serão diminuídos, e glorificá-los-ei, e não serão apoucados.
20 E seus filhos serão como na antiguidade, e a sua congregação será confirmada diante de mim; e castigarei todos os seus opressores.
21 E os seus nobres serão deles; e o seu governador sairá do meio deles, e o farei aproximar, e ele se chegará a mim; pois, quem de si mesmo se empenharia para chegar-se a mim? diz o Senhor.
22 E ser-me-eis por povo, e eu vos serei por Deus.
23 Eis que a tempestade do Senhor, a sua indignação, já saiu; uma tempestade varredoura, cairá cruelmente sobre a cabeça dos ímpios.
24 Não voltará atrás o furor da ira do Senhor, até que tenha executado e até que tenha cumprido os desígnios do seu coração; no fim dos dias entendereis isto.

domingo, 28 de julho de 2013

Todo Dia Com Jesus

Lucas 11:21-36

Somente o poder do Senhor Jesus, aquele que venceu o "valente", pode nos livrar do mal que está em nós. Do contrário uma paixão desalojada será fatalmente substituída por outra. A casa do versículo 25 é um quadro de nosso coração. De nada adianta varrê-la e adorná-la enquanto um novo hóspede - o Senhor Jesus - não vier primeiro habitá-la e governá-la.
O Senhor mais uma vez afirma que a bem-aventurança (a bênção) não depende de laços familiares (V. 27, 28; compare 8:21) nem dos privilégios de uma geração. Ela é prometida aos que ouvem e guardam a Palavra de Deus.
O versículo 33 repete o ensinamento do capítulo 8:16. O alqueire, uma unidade de medida, é o símbolo do comércio e dos negócios; a cama é o símbolo do sono e da preguiça. São duas coisas aparentemente opostas, mas ambas capazes de apagar a pequena chama de nosso testemunho. Em Mateus 5:15, a lâmpada devia alumiar "a todos que se encontram na casa". Aqui ela é acesa "a fim de que os que entram - as visitas - vejam a luz".
O olho mau (v. 34) é o que permite penetrarem em nosso interior as trevas do pecado. Tenhamos cuidado com o rumo que algumas vezes toma o nosso olhar (Jó 31:1) e também com certas leituras que mancham o nosso coração e seduzem a nossa imaginação! Purifiquemo-nos de toda impureza! (2 Coríntios 7:1).

O que é Conversão?


9mk-conversao

O que é Conversão?

A conversão é um giro de 180 graus na vida de uma pessoa. É virar completamente a vida de alguém do pecado para Cristo e para a salvação. Da adoração de ídolos para a adoração de Deus. Da auto-justificação para a justificação de Cristo. Do governo do ego para o governo de Deus.
A conversão é o que acontece quando Deus desperta aqueles que estão espiritualmente mortos e os capacita a se arrependerem de seus pecados e a terem fé em Cristo.
  • Quando Jesus nos chama para nos arrependermos e crermos, ele está nos chamando à conversão. É uma mudança radical naquilo que cremos e fazemos (Mc 1.15).
  • Quando Jesus nos chama para tomarmos a nossa cruz e o seguirmos, ele está nos chamando à conversão (Lc 9.23).
  • Para que nos arrependamos, é necessário que Deus nos dê nova vida, novo coração e fé (Ef 2.1; Rm 6.17; Cl 2.13; Ez 36.26; Ef 2.8; 2Tm 2.25).
A conversão não é
  1. Um evento pontual sem qualquer implicação na maneira como nós vivemos.  A conversão de fato  acontece em um momento, e é um momento de mudança radical. A vida deveria parecer diferente dali por diante. Uma nova batalha começa.
  2. Uma jornada sem destino.  A conversão pode ser precedida de um longo processo para alguns, mas ela sempre envolve uma decisão comprometida de se arrepender do pecado e confiar em Cristo, o que é o resultado imediato da ação de Deus em dar nova vida a um pecador espiritualmente morto.
  3. Opcional.  Atos 17.30 afirma que Deus ordena a todos em todos os lugares que se arrependam. A conversão nunca pode ser forçada, mas é absolutamente necessária para a salvação.
  4. Uma conversa.  Embora os cristãos devessem comunicar o evangelho humildemente, o nosso alvo não é meramente uma agradável troca de informações. Nós devemos convocar todos os homens a se arrependerem de seu pecado e a confiarem em Cristo para a salvação.
  5. Fazer uma oração repetida.  A conversão certamente envolve oração, mas nós devemos ter cuidado para não tentarmos as pessoas a colocarem sua confiança em algum arranjo específico de palavras.
(Este material foi basicamente extraído do artigo “One of the Dirtiest Words Today: C——–n”, de Brad Wheeler.)

Que Diferença Prática um Entendimento Bíblico da Conversão Produz na Vida de uma Igreja?

Uma igreja com um entendimento bíblico da conversão irá…
  1. Ser cuidadosa acerca de quem é recebido como membro.
  2. Pedir que todo candidato à membresia explique o evangelho.
  3. Inquirir se há nela quaisquer áreas de pecado não arrependido.
  4. Administrar o batismo e a Ceia do Senhor cuidadosamente. Os membros não pressionarão seus pastores a batizarem pessoas precipitadamente e sem exame. A Mesa do Senhor será apropriadamente protegida (isto é, aquele que a administra explicará para quem ela é e para quem ela não é).
  5. Ser cuidadosa acerca de formas de evangelismo que possam encorajar falsas profissões, seja por meio da manipulação das emoções ou da apresentação de um evangelho diluído.
  6. Recusar-se a lidar com o pecado de modo inconsequente. Os membros buscarão acompanhamento, encorajamento e repreensão uns dos outros. Eles também irão…
  7. Praticar a disciplina formal da igreja.
  8. Buscar meios formais de manter uma clara distinção entre a igreja e o mundo, tais como reservar atos públicos de serviço apenas para membros.
Uma igreja com um entendimento não-bíblico da conversão pode também…
  1. Tornar-se cheia de pessoas que fizeram declarações sinceras sobre Jesus, mas que não experimentaram a mudança radical que a Bíblia designa como conversão.
  2. Chamar seus membros de cristãos, quando eles não o são. Não-cristãos olharão para esses “cristãos” e dirão: “Você é um cristão? Mas você vive exatamente como eu! Por que eu deveria crer no que você diz se as nossas vidas de fato não são nada diferentes?



Tradução: Vinícius Silva Pimentel – Ministério Fiel © Todos os direitos reservados. Website:www.MinisterioFiel.com.br / www.VoltemosAoEvangelho.com. Original: O que é Conversão?
Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.
9marks-logo2

Nova lei pode punir quem defende a Bíblia

Nova lei pode punir quem defende a BíbliaNova lei pode punir quem defende a Bíblia
O Conselho da Cidade de San Antonio, no Texas está analisando uma proposta que pode criar um precedente político perigoso naquele que já foi “o maior país cristão do mundo”. Esse Conselho, que funciona como as Câmaras de Vereadores do Brasil, estuda uma proposta de lei que pode discriminar e punir quem crê na Bíblia.
Sob o título de ser “contra o preconceito”, a questão principal é a punição daqueles que demonstrarem publicamente qualquer forma de preconceito. Isso incluiria qualquer coisa dita contra os homossexuais, o que seria um problema para quem defende a Bíblia.
Os cristãos da cidade já se mobilizam, pois segundo o teor divulgado da nova lei, qualquer pessoa que for enquadrada nessa legislação não poderá, por exemplo, participar do governo da cidade.
O texto divulgado da lei diz: “Nenhuma pessoa poderá ser nomeado para um cargo ou ter uma ligação contratual, se a prefeitura entender que essa pessoa tiver, antes da nomeação, envolvida em discriminação ou demonstrou preconceito, por palavra ou ação, contra qualquer pessoa, grupo ou organização, seja por causa de raça, cor, religião, nacionalidade, sexo, orientação sexual, identidade de gênero, condição de saúde, idade ou deficiência”.
Ou seja, se um cristão declarar em um púlpito, numa rádio ou TV ou ainda em mídia impressa que a homossexualidade é pecado ou condenada por Deus poderá responder na justiça. Basta que um gay afirme se sentir ofendido e poderá abrir um processo alegando preconceito de “orientação sexual”. Também impediria que um cristão comprometido possa assumir qualquer cargo público na cidade, seja como conselheiro (vereador), prefeito, juiz, promotor ou algo de menor expressão. Isso incluiria pessoas que fazem negócios ou prestam serviço ao município.
Os opositores do projeto, na sua maioria líderes das Igrejas da cidade, defendem que a proposta viola os direitos de liberdade de religião, liberdade de expressão, além de contrariar a Constituição do Estado do Texas.
O pastor Charles Flowers, da Igreja Faith Outreach, é um dos líderes do movimento que tenta barrar a votação, ele disse ao site OneNewsNow que o conceito de “preconceito” é muito amplo e “pode significar qualquer coisa”. Já o pastor Steve, da Igreja Batista em Village Parkway, diz “os funcionários públicos cristãos da cidade serão muito prejudicados com isso.”
Mesmo com tanta controvérsia, o projeto será votado no mês que vem, segundo divulgou o Conselho da Cidade de San Antonio, em muitos aspectos, essa lei lembra alguns aspectos da PL 122 quetramita no Senado desde 2006.
De autoria da ex-senadora do PT, Marta Suplicy, ela “criminaliza a homofobia” e poderá ser votada ainda este ano, segundo anunciou o presidente do Senado, Renan Calheiros. Ele declarou recentemente que não esperará pelos senadores da bancada evangélica que tentam barrar a votação. “O processo legislativo caminha mais facilmente pelo acordo, pelo consenso, pelo entendimento. Quando isso não acontece, tem que submeter à votação, à apreciação. É o que vai acontecer em relação ao projeto da homofobia”. Com informações WND. 

Doações para manutenção

Banco Bradesco
Ag. 1804-0 c/c 00585785

Banco Bradesco
Ag.1804-0 conta poupança 1008973-5