domingo, 17 de junho de 2012


Todo Dia Com Jesus

Atos 8:26-40

Filipe acabara de ser o instrumento de uma grande obra em Samaria. Quão grande deve ser sua surpresa ao receber agora a ordem de deixar o seu campo de trabalho e dirigir-se a um caminho deserto! Certamente é um lugar estranho para pregar o Evangelho! Contudo, ele obedece sem discutir. E eis que passa o carro de um alto oficial africano que fizera uma longa viagem para adorar em Jerusalém. Mas como esse homem poderia ter encontrado a Deus nessa cidade onde rechaçaram o Seu Filho? No entanto, de lá ele traz um tesouro infinitamente mais valioso do que o de sua rainha (v. 27): uma porção das Sagradas Escrituras. E Deus o conduziu em sua leitura até o coração do livro de Isaías, ou seja, o capítulo 53. Veja que o Senhor havia preparado tudo para o seu servo. Por intermédio dele, o etíope aprende a conhecer o Senhor Jesus. Ele pôde ser batizado e agora segue o seu caminho "cheio de júbilo" para - gostaríamos de supor - ser um mensageiro da graça em seu país distante.
Os evangelistas não são apenas os que pregam para grandes multidões. Quanto a nós, comecemos por ser obedientes, em especial no que concerne a nossas mudanças de caminho - por exemplo: o endereço ou o emprego. Então o Senhor também nos permitirá, no momento apropriado, deparar com alguém a quem possamos anunciar Jesus.

Parlamentares evangélicos vão cobrar da presidente Dilma compromisso de campanha no qual ela prometeu não legalizar o aborto


Uma proposta que está em discussão no Ministério da Saúde, que pretende implantar umapolítica de redução de danos e riscos para o aborto ilegal, está causando fortes reações entre os parlamentares evangélicos. Parlamentares como o deputado João Campos (PSDB-GO), presidente da Frente Parlamentar Evangélica já manifestaram seu descontentamento com a proposta, e agora os evangélicos afirmam que vão cobrar da presidente Dilma uma postura sobre o assunto pautada em um compromisso que ela assinou durante a campanha eleitoral.
Em 2010 a então candidata Dilma Rousseff assinou uma carta, comprometendo-se em não tomar medidas em direção à legalização do aborto em seu governo, caso eleita, e afirmou ser pessoalmente contra a prática.
Porém as lideranças evangélicas afirmam que, desde a posse de Eleonora Menicucci na Secretaria de Políticas para as Mulheres, esse compromisso firmado pela presidente vem sendo ignorado, e as políticas do governo tem caminhado em direção à legalização do aborto.
Diante desse cenário, Campos afirmou através de seu perfil no Twitter que os parlamentares evangélicos iriam cobrar da presidente seu compromisso em não tomar iniciativas sobre o assunto.
O deputado afirmou também que a Frente Parlamentar Evangélica vai propor a criação de uma CPI para investigar clínicas, o comércio de remédios abortivos e o financiamento do aborto.
Veja abaixo uma reprodução da carta de compromisso assinada pela presidente:
Fonte: Gospel+

1 Crônicas 11


1 ENTÃO todo o Israel se ajuntou a Davi em Hebrom, dizendo: Eis que somos teus ossos e tua carne.
2 E também outrora, sendo Saul ainda rei, eras tu o que fazias sair e entrar a Israel; também o Senhor teu Deus te disse: Tu apascentarás o meu povo Israel, e tu serás chefe sobre o meu povo Israel.
3 Também vieram todos os anciãos de Israel ao rei, a Hebrom, e Davi fez com eles aliança em Hebrom, perante o Senhor; e ungiram a Davi rei sobre Israel, conforme a palavra do Senhor pelo ministério de Samuel.
4 E partiu Davi e todo o Israel para Jerusalém, que é Jebus; porque ali estavam os jebuseus, habitantes da terra.
5 E disseram os habitantes de Jebus a Davi: Tu não entrarás aqui. Porém Davi ganhou a fortaleza de Sião, que é a cidade de Davi.
6 Porque disse Davi: Qualquer que primeiro ferir os jebuseus será chefe e capitão. Então Joabe, filho de Zeruia, subiu primeiro a ela; pelo que foi feito chefe.
7 E Davi habitou na fortaleza; por isso foi chamada a cidade de Davi.
8 E edificou a cidade ao redor, desde Milo até ao circuito; e Joabe renovou o restante da cidade.
9 E Davi tornava-se cada vez mais forte; porque o Senhor dos Exércitos era com ele.
10 E estes foram os chefes dos poderosos que Davi tinha, e que o apoiaram fortemente no seu reino, com todo o Israel, para o fazerem rei, conforme a palavra do Senhor, no tocante a Israel.
11 E este é o número dos poderosos que Davi tinha: Jasobeão, hacmonita, chefe dos capitães, o qual, brandindo a sua lança contra trezentos, de uma vez os matou.
12 E, depois dele Eleazar, filho de Dodó, o aoíta; ele estava entre os três poderosos.
13 Este esteve com Davi em Pas-Damim, quando os filisteus ali se ajuntaram à peleja, onde havia um pedaço de campo cheio de cevada; e o povo fugiu de diante dos filisteus.
14 E puseram-se no meio daquele campo, e o defenderam, e feriram os filisteus; e o Senhor efetuou um grande livramento.
15 E três dos trinta capitães desceram à penha, a ter com Davi, na caverna de Adulão; e o exército dos filisteus estava acampado no vale de Refaim.
16 E Davi estava então no lugar forte; e o alojamento dos filisteus estava então em Belém.
17 E desejou Davi, e disse: Quem me dera beber da água do poço de Belém, que está junto à porta!
18 Então aqueles três romperam pelo acampamento dos filisteus, e tiraram água do poço de Belém, que estava junto à porta, e tomaram dela e a trouxeram a Davi; porém Davi não a quis beber, mas a derramou ao Senhor,
19 E disse: Nunca meu Deus permita que faça tal! Beberia eu o sangue destes homens com as suas vidas? Pois com perigo das suas vidas a trouxeram. E ele não a quis beber. Isto fizeram aqueles três homens.
20 E também Abisai, irmão de Joabe, era chefe de três, o qual, brandindo a sua lança contra trezentos, os feriu; e teve nome entre os três.
21 Ele foi o mais ilustre dos trinta, pelo que foi capitão deles; porém não igualou aos primeiros três.
22 Também Benaia, filho de Joiada, filho de um homem poderoso de Cabzeel, grande em obras; ele feriu a dois heróis de Moabe; e também desceu, e feriu um leão dentro de uma cova, no tempo da neve.
23 Também feriu ele a um homem egípcio, homem de grande altura, de cinco côvados; e trazia o egípcio uma lança na mão, como o órgão do tecelão; mas Benaia desceu contra ele com uma vara, e arrancou a lança da mão do egípcio, e com ela o matou.
24 Estas coisas fez Benaia, filho de Joiada; pelo que teve nome entre aqueles três poderosos.
25 Eis que dos trinta foi ele o mais ilustre; contudo não chegou aos primeiros três; e Davi o pôs sobre os da sua guarda.
26 E foram os poderosos dos exércitos: Asael, irmão de Joabe, El-Hanã, filho de Dodó, de Belém;
27 Samote, o harorita; Helez, o pelonita;
28 Ira, filho de Iques, o tecoíta; Abiezer, o anatotita;
29 Sibecai, o husatita; Ilai, o aoíta;
30 Maarai, o netofatita; Helede, filho de Baaná, o netofatita;
31 Itai, filho de Ribai, de Gileade, dos filhos de Benjamim; Benaia, o piratonita;
32 Hurai, do ribeiro de Gaás; Abiel, o arbatita;
33 Azmavete, o baarumita; Eliabe, o saalbonita;
34 Dos filhos de Hasem, o gizonita: Jônatas, filho de Sage, o hararita;
35 Aião, filho de Sacar, o hararita; Elifal, filho de Ur;
36 Hefer, o mequeratita; Aías, o pelonita;
37 Hezro, o carmelita; Naarai, filho de Ezbai;
38 Joel, irmão de Natã; Mibar, filho de Hagri;
39 Zeleque, o amonita; Naarai, o beerotita, escudeiro de Joabe, filho de Zeruia;
40 Ira, o itrita; Garebe, o itrita;
41 Urias, o heteu; Zabade, filho de Alai;
42 Adina, filho de Siza, o rubenita, capitão dos rubenitas, e com ele trinta;
43 Hanã, filho de Maaca; e Josafá, o mitatita;
44 Uzias, o asteratita; Sama e Jeiel, filhos de Hotão, o aroerita;
45 Jediael, filho de Sinri; e Joa, seu irmão, o tizita;
46 Eliel, o maavita; e Jeribai e Josavias, filhos de Elnaão; e Itma, o moabita;
47 Eliel, Obede, e Jaasiel, o mesobaíta.

sábado, 16 de junho de 2012


Todo Dia Com Jesus

Atos 8:1-25

O Senhor havia ordenado aos discípulos: "Sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra" (1:8). Até então eles haviam cumprido somente a primeira parte dessa ordem. Para fazê-los passar à etapa seguinte, o Senhor emprega, em Sua sabedoria, um doloroso meio: a perseguição (da qual a morte de Estêvão era o primeiro sinal). Isso resultou na dispersão dos crentes e, por conseguinte, na difusão do Evangelho a outras partes. Assim, um vento desagradável muitas vezes opera o feliz resultado de carregar para longe as úteis sementes.
Filipe, o evangelista (também citado no capítulo 6:5), vai a Samaria para pregar "a Cristo" (portanto não uma doutrina, mas uma Pessoa, vv. 5 e 35). Que tremendo poder nossos testemunhos teriam se, em vez de apresentarmos apenas verdades, falássemos sobre Aquele do qual nosso coração está (ou deveria estar) cheio!
E aconteceu que esses samaritanos, odiados e desprezados pelos judeus, doravante compartilharam com eles do mesmo batismo e do mesmo dom do Espírito Santo. Nem o nascimento, nem o mérito, nem dinheiro - como imaginava Simão, o mágico - dão acesso a tal privilégio. Tudo resulta da pura graça de Deus.

Brenda, filha do cantor Regis Danese, tem alta do hospital; veja o vídeo

Brenda já está em casa e passa bem
Após ficar na UTI por cerca de 15 dias devido a complicações durante a quimioterapia, Brenda Danese teve alta nesta sexta-feira (15). “Brendinha teve alta hoje de manhã e já está em casa brincando”, disse o cantor gospelRegis Danese, por meio de seu twitter. Ele também postou uma foto da menina com seus brinquedos, em casa.
O cantor disse ainda que a filha se alimenta normalmente. “A Brendinha acabou de almoçar um prato cheio de beterraba, arroz com feijão frango, tomate . Ela comeu muito graças a Deus” (sic).
Durante esses dias de angústia, o cantor fez uma campanha de 21 dias de oração e jejum, pedidno também a participação dos internautas. Várias pessoas, inclusive de outros países, participaram.
O câncer foi descoberto em janeiro deste ano, durante uma viagem de férias. Desde então, Brenda faz sessões de quimioterapia em um hospital em Belo Horizonte (MG).
O cantor demonstra, em vídeo, a enorme felicidade de ver a melhora no quadro de saúde da sua filha e a ensina a agradecer a todos pelas orações, e a Deus, por mais um livramento.
Fonte: Folha Gospel
Assista ao vídeo com o depoimento de Brenda Danese:

Central Gospel Music comunica o falecimento da mãe de Nani Azevedo

É com profunda tristeza que a gravadora CentralGospel Music comunicou o falecimento da mãe do cantor Nani Azevedo, na quinta-feira (14).
Muito sensibilizado com o ocorrido, Nani teve que cancelar o compromisso agendado para esta sexta-feira (15).
A gravadora pede aos fãs e aos admiradores do cantor que orem a Deus por consolo aos amigos e familiares.
Fonte: Central Gospel Music

1 Crônicas 10


1 E OS filisteus pelejaram com Israel; e os homens de Israel fugiram de diante dos filisteus, e caíram mortos nas montanhas de Gilboa.
2 E os filisteus perseguiram a Saul e aos seus filhos e mataram a Jônatas, a Abinadabe e a Malquisua, filhos de Saul.
3 E a peleja se agravou contra Saul, e os flecheiros o alcançaram; e temeu muito aos flecheiros.
4 Então disse Saul ao seu escudeiro: Arranca a tua espada, e atravessa-me com ela; para que porventura não venham estes incircuncisos e escarneçam de mim. Porém o seu escudeiro não quis, porque temia muito; então tomou Saul a espada, e se lançou sobre ela.
5 Vendo, pois, o seu escudeiro que Saul estava morto, também ele se lançou sobre a espada e morreu.
6 Assim morreram Saul e seus três filhos; e toda a sua casa morreu juntamente.
7 E, vendo todos os homens de Israel, que estavam no vale, que haviam fugido, e que Saul e seus filhos eram mortos, deixaram as suas cidades, e fugiram; então vieram os filisteus, e habitaram nelas.
8 E sucedeu que, no dia seguinte, vindo os filisteus a despojar os mortos, acharam a Saul e a seus filhos estirados nas montanhas de Gilboa.
9 E o despojaram, e tomaram a sua cabeça e as suas armas, e as enviaram pela terra dos filisteus em redor, para o anunciarem a seus ídolos e ao povo.
10 E puseram as suas armas na casa do seu deus, e a sua cabeça afixaram na casa de Dagom.
11 Ouvindo, pois, toda a Jabes de Gileade tudo quanto os filisteus fizeram a Saul,
12 Então todos os homens valorosos se levantaram, e tomaram o corpo de Saul, e os corpos de seus filhos, e os trouxeram a Jabes; e sepultaram os seus ossos debaixo de um carvalho em Jabes, e jejuaram sete dias.
13 Assim morreu Saul por causa da transgressão que cometeu contra o Senhor, por causa da palavra do Senhor, a qual não havia guardado; e também porque buscou a adivinhadora para a consultar.
14 E não buscou ao Senhor, que por isso o matou, e transferiu o reino a Davi, filho de Jessé.

sexta-feira, 15 de junho de 2012


Todo Dia Com Jesus

Atos 7:44-60

Estêvão termina seu relato. Ele estava perante o Sinédrio na condição de acusado, porém os papéis agora se inverteram: É ele que, da parte de Deus, julga esse povo de "dura cerviz" (Êxodo 32:9; 33:3). Ele, que está cheio do Espírito Santo, diz: "Vós sempre resistis ao Espírito Santo". Ah! Não resistimos nós mesmos muitas vezes ao Espírito, quando se trata de fazer a vontade de Deus e não a nossa própria?
Que contraste entre a paz do discípulo, absorto pela visão gloriosa de Jesus à destra de Deus, e o furor de seus adversários. O ódio os induz, mesmo sem nenhum julgamento, a cometer um crime que resulta na rejeição dos judeus como nação por muitos séculos e na sua dispersão pelo mundo. Se compararmos as últimas palavras desse fiel testemunha (vv. 56, 60) com as do Senhor Jesus na cruz (Lucas 23:34,46), podemos notar ainda mais a semelhança desse discípulo com o seu Mestre.
Este homicídio é a trágica conclusão da história do rebelde povo judeu, que Estêvão acabara de narrar. Ele a confirma com seu próprio sangue, tornando-se, depois de uma longa lista de profetas perseguidos (v. 52), o primeiro mártir da Igreja (1 Tessalonicenses 2:15-16).

Jozyanne fará pocket show no Rio de Janeiro; entrada franca

A cantora Jozyanne vai soltar a voz e cantar músicas de seu novo CD ‘Meu milagre’ em um pocket show, na livraria Saraiva, no Centro do Rio de Janeiro, com entrada franca. O evento será dia 22 de junho, às 12h30, e, na ocasião, a cantora também receberá o público para uma sessão de autógrafos.
A programação faz parte da divulgação do álbum ‘Meu milagre’, primeiro de Jozyanne pela CentralGospel Music. Com o estilo pop pentecostal, o CD conta com 12 faixas inéditas e com as participações especiais de Nani Azevedo e do rapper L-Ton.
A Saraiva está localizada na Rua do Ouvidor, 98 A, Centro do Rio de Janeiro (RJ). Entrada franca.
As músicas do CD Meu milagre, de Jozyanne, podem ser encontradas no iTunes e no Sonora.

‘São Gonçalo Gospel’ reunirá grandes nomes da música evangélica

Fernanda Brum e Kleber Lucas são algumas das atrações do festival gospel
No próximo dia 16 de junho acontece o “São Gonçalo Gospel”, evento que vai reunir os maiores nomes da música evangélica, como Fernanda Brum, Kléber Lucas e Fernandinho. Os shows vão acontecer na Avenida Maricá, em Alcântara, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.
O evento é promovido pela Globo Rio e pela Prefeitura de São Gonçalo. As atrações sobem ao palco a partir das 16h. No entanto, a partir das 10h, as vias próximas à festa serão interditadas ao tráfego de veículos. A melhor maneira de chegar ao São Gonçalo Gospel é utilizando o transporte público.
No dia do evento, a Av. Jornalista Roberto Marinho será totalmente interditada ao tráfego de veículos, no trecho entre a Rua Laureano Rosa e a Estrada dos Menezes. Não será permitido estacionar nessas vias. A previsão da Guarda Municipal é que as ruas sejam reabertas apenas às 22h.
Fernandinho também vai cantar
Diversas linhas de ônibus param próximo ao local do show. As melhores opções são as linhas 531 (Niterói–Jardim Alcântara), 56 (Alcântara–Neves), 35 (Alcântara–Shopping) e 520 (Estácio–Alcântara).
Para quem vem de outras regiões, as linhas Santa Isabel–Castelo, Santa Isabel–Niterói, Alcântara–Castelo, Botafogo–Alcântara e Alcântar–Niterói também param próximo ao local do show.
Fonte: G1

1 Crônicas 9


1 E TODO o Israel foi contado por genealogias, que estão escritas no livro dos reis de Israel; e os de Judá foram transportados a Babilônia, por causa da sua transgressão.
2 E os primeiros habitantes, que moravam na sua possessão e nas suas cidades, foram os israelitas, os sacerdotes, os levitas, e os netineus.
3 Porém alguns dos filhos de Judá, e dos filhos de Benjamim, e dos filhos de Efraim e Manassés, habitaram em Jerusalém:
4 Utai, filho de Amiúde, filho de Onri, filho de Inri, filho de Bani, dos filhos de Perez, filho de Judá;
5 E dos silonitas: Asaías o primogênito, e seus filhos;
6 E dos filhos de Zerá: Jeuel, e seus irmãos, seiscentos e noventa;
7 E dos filhos de Benjamim: Salu, filho de Mesulão, filho de Hodavias, filho de Hassenua,
8 E Ibnéias, filho de Jeroão, e Elá, filho de Uzi, filho de Micri, e Mesulão, filho de Sefatias, filho de Reuel, filho de Ibnijas;
9 E seus irmãos, segundo as suas gerações, novecentos e cinqüenta e seis; todos estes homens foram chefes dos pais nas casas de seus pais.
10 E dos sacerdotes: Jedaías, e Jeoiaribe, e Jaquim,
11 E Azarias, filho de Hilquias, filho de Mesulão, filho de Zadoque, filho de Meraiote, filho de Aitube, maioral da casa de Deus;
12 Adaías, filho de Jeroão, filho de Pasur, filho de Malquias, e Masai, filho de Adiel, filho de Jazera, filho de Mesulão, filho de Mesilemite, filho de Imer;
13 Como também seus irmãos, cabeças nas casas de seus pais, mil, setecentos e sessenta, homens valentes para a obra do ministério da casa de Deus.
14 E dos levitas: Semaías, filho de Hassube, filho de Azricão, filho de Hasabias, dos filhos de Merari;
15 E Baquebacar, Heres e Galal; e Matanias, filho de Mica, filho de Zicri, filho de Asafe;
16 E Obadias, filho de Semaías, filho de Galal, filho de Jedutum; e Berequias, filho de Asa, filho de Elcana, morador das aldeias dos netofatitas.
17 E foram porteiros: Salum, Acube, Talmom, Aimã, e seus irmãos, cujo chefe era Salum.
18 E até aquele tempo estavam de guarda à porta do rei, do lado do oriente; estes foram os porteiros dos arraiais dos filhos de Levi.
19 E Salum, filho de Coré, filho de Ebiasafe, filho de Corá, e seus irmãos da casa de seu pai, os coraítas, tinham cargo da obra do ministério, e eram guardas das portas do tabernáculo, como seus pais foram responsáveis pelo arraial do Senhor, e guardas da entrada.
20 Finéias, filho de Eleazar, antes era líder entre eles; e o Senhor era com ele.
21 E Zacarias, filho de Meselemias, porteiro da entrada da tenda da congregação.
22 Todos estes, escolhidos para serem guardas das portas, foram duzentos e doze; e foram estes, segundo as suas aldeias, postos em suas genealogias; e Davi e Samuel, o vidente, os constituíram nos seus respectivos cargos.
23 Estavam, pois, eles, e seus filhos, às portas da casa do Senhor, na casa da tenda, junto aos guardas,
24 Os porteiros estavam aos quatro lados; ao oriente, ao ocidente, ao norte, e ao sul.
25 E seus irmãos, que estavam nas suas aldeias, deviam, de tempo em tempo, vir por sete dias para servirem com eles.
26 Porque havia naquele ofício quatro porteiros principais que eram levitas, e tinham o encargo das câmaras e dos tesouros da casa de Deus.
27 E de noite ficavam em redor da casa de Deus, cuja guarda lhes tinha sido confiada, e tinham o encargo de abri-la cada manhã.
28 E alguns deles estavam encarregados dos utensílios do ministério, porque por conta os traziam e por conta os tiravam.
29 Porque deles havia alguns que tinham o encargo dos objetos e de todos os utensílios do santuário; como também da flor de farinha, do vinho, do azeite, do incenso, e das especiarias.
30 E alguns dos filhos dos sacerdotes eram os obreiros da confecção das especiarias.
31 E Matitias, dentre os levitas, o primogênito de Salum, o coraíta, tinha o encargo da obra que se fazia em sertãs.
32 E alguns dos seus irmãos, dos filhos dos coatitas, tinham o encargo de preparar os pães da proposição para todos os sábados.
33 Destes foram também os cantores, chefes dos pais entre os levitas, habitando nas câmaras, isentos de serviços; porque de dia e de noite estava a seu cargo ocuparem-se naquela obra.
34 Estes foram cabeças dos pais entre os levitas, chefes em suas gerações; estes habitaram em Jerusalém.
35 Porém em Gibeão habitaram Jeiel, pai de Gibeão (e era o nome de sua mulher Maaca).
36 E seu filho primogênito Abdom; depois Zur, Quis, Baal, Ner e Nadabe,
37 E Gedor, Aiô, Zacarias e Miclote.
38 Miclote gerou a Simeão; e também estes habitaram em Jerusalém, defronte de seus irmãos, com eles.
39 E Ner gerou a Quis; e Quis gerou a Saul, Saul gerou a Jônatas, a Malquisua, a Abinadabe e a Esbaal.
40 E o filho de Jônatas foi Meribe-Baal, e Meribe-Baal gerou a Mica.
41 E os filhos de Mica foram: Pitom, Meleque e Taréia.
42 E Acaz gerou a Jaerá, e Jaerá gerou a Alemete, a Azmavete e a Zinri; e Zinri gerou a Moza.
43 E Moza gerou a Bineá, cujo filho foi Refaías, de quem foi filho Eleasá, cujo filho foi Azel.
44 E teve Azel seis filhos, e estes foram os seus nomes: Azricão, Bocru, Ismael, Seraías, Obadias e Hanã; estes foram os filhos de Azel.

quinta-feira, 14 de junho de 2012


Todo Dia Com Jesus

Atos 7:20-43

Estêvão havia sido acusado de proferir blasfêmias contra Moisés (6:11). Mas notem, ao contrário, com que reverência ele fala deste patriarca! A beleza que Deus via no menino Moisés desde o seu nascimento (v. 20), depois, seu poder em palavras e obras (v. 22), seu amor por seus irmãos que o moveu a visitá-los (v. 23), a incompreensão que encontrou quando quis libertá-los (vv. 25, 35), são todas características que deviam servir para voltar a atenção do povo ao precioso Salvador a quem eles tinham rejeitado. Além disso, o mesmo Moisés havia anunciado a vinda de Cristo e exortado o povo a escutá-LO (v. 37). O apóstolo Pedro já havia citado esse versículo de Deuteronômio 18:15 em seu discurso de Atos 3:22. Um duplo testemunho do cumprimento das Escrituras! Porém, desde o começo de sua história, esse povo mostrou-se desobediente e idólatra e, apesar das grandes evidências de amor e de paciência da parte de Deus, o caráter empedernido do povo não mudou. Isso também acontece com nosso pobre coração. Até onde podemos recordar, até mesmo na nossa mais tenra infância, encontraremos desobediência e cobiça. Somente o poder de Deus tem sido capaz de dar-nos uma nova natureza.

Seita islâmica diz que cristãos são ‘inimigos’ e ataca igrejas; veja o vídeo

Terrorista do grupo radical que persegue os cristãos na Nigéria
“O Estado nigeriano e os cristãos são nossos inimigos e iremos lançar ataques contra o Estado e seu aparato de segurança, bem como contra as igrejas, até alcançarmos nosso objetivo de estabelecer um Estado islâmico no lugar do Estado laico que existe hoje”, disse o porta-voz do grupo radical Boko Haram.
Militantes do grupo radical islâmico Boko Haram, disseram, após cometer dois novos ataques neste domingo (10), que as igrejas continuarão sendo alvo de seus ataques até que consigam estabelecer um Estado islâmico na Nigéria.
Homens armados abriram fogo contra uma congregação durante um culto, enquanto um homem-bomba se explodiu do lado de fora de outra igreja em dois incidentes separados.
O primeiro aconteceu em Biu, cidade no nordeste do Estado de Borno. Homens armados invadiram a igreja EYN (“Igreja dos Irmãos na Nigéria”) e dispararam diversas vezes contra a congregação.
Hamidu Wakawa, que estava na igreja, disse: “Três homens armados atiraram contra as pessoas que estavam do lado de fora da igreja, antes de entrarem no edifício principal, a fim de executar os irmãos. Muitas pessoas foram mortas e outras ficaram feridas”, disse.
O número exato de mortes ainda não foi divulgado, mas as autoridades confirmaram que uma mulher foi morta e pelo menos três pessoas ficaram feridas.
Mais tarde, em outro ataque no mesmo dia, um homem-bomba se explodiu próximo a uma igreja evangélica na cidade de Jos, no Estado de Plateau. Ele se dirigiu à Igreja de Cristo, ficando o mais próximo possível do templo antes de detonar a bomba. Pelo menos 50 pessoas ficaram feridas e seis pessoas foram mortas, após a explosão. A intensidade da explosão fez com que o templo da igreja sofresse danos irreparavéis.
O grupo radical islâmico, Boko Haram, que tem praticado vários ataques a igrejas na Nigéria, reivindicou a responsabilidade pelos dois incidentes de domingo (10).
Um porta-voz do grupo disse: “Lançamos esses ataques para provar que a segurança da Nigéria é patética, e para ridicularizar a alegação do governo de que temos sido enfraquecidos pela repressão militar”.
Não passa uma semana na Nigéria sem que outro ataque a igrejas aconteça. No último domingo, pelo menos 12 pessoas foram mortas e mais de 40 ficaram feridas em um atentado suicida que atingiu duas igrejas, no Estado de Bauchi.
O Boko Haram está lutando para estabelecer um estado islâmico no norte da Nigéria e já deixou muito claro, que os cristãos não são bem-vindos nesta região. No dia de Ano Novo, o grupo emitiu um ultimato de três dias para que os cristãos deixassem o norte do país, e desde então os ataques contra eles têm sido implacáveis.
O ministério Portas Abertas solicita aos cristão que orem, pedindo a Deus que proteja seus filhos dos ataques de grupos religiosos radicais; e para que Cristo se revele de maneira sobrenatural aos militantes do Boko Haram, pois creem que só Jesus Cristo pode fazer com que haja paz entre os homens. Então, orem para que a paz de Cristo, descrita em João 14.27, se faça presente na Nigéria.
Não deixe de registrar o seu comentári no Verdade Gospel.
Fonte: Portas Abertas
Assista a reportagem que relata um dos atentados já ocorrido na Nigéria, que prova a perseguição implacável aos cristãos do país:

1 Crônicas 8


1 E BENJAMIM gerou a Belá, seu primogênito, a Asbel o segundo, e a Aará o terceiro,
2 A Noá o quarto, e a Rafa o quinto.
3 E Belá teve estes filhos: Adar, Gera, Abiúde,
4 Abisua, Naamã, Aoá,
5 Gera, Sefufá e Hurão.
6 E estes foram os filhos de Eúde; que foram chefes dos pais dos moradores de Geba, e os levaram cativos a Manaate;
7 E Naamã, e Aías e Gera; este os transportou, e gerou a Uzá e a Aiúde.
8 E Saaraim (depois de os enviar), na terra de Moabe, gerou filhos de Husim e Baara, suas mulheres.
9 E de Hodes, sua mulher, gerou a Jobabe, a Zibia, a Mesa, a Malcã,
10 A Jeuz, a Saquias e a Mirma; estes foram seus filhos, chefes dos pais.
11 E de Husim gerou a Abitude e a Elpaal.
12 E foram os filhos de Elpaal: Eber, Misã e Semede; este edificou a Ono e a Lode e os lugares da sua jurisdição.
13 E Berias e Sema foram cabeças dos pais dos moradores de Aijalom; estes afugentaram os moradores de Gate.
14 E Aiô, Sasaque, Jerimote,
15 Zebadias, Arade, Eder,
16 Micael, Ispa e Joa foram filhos de Berias.
17 Zebadias, Mesulão, Hizque, Heber,
18 Ismerai, Izlias e Jobabe, filhos de Elpaal.
19 Jaquim, Zicri, Zabdi,
20 Elienai, Ziletai, Eliel,
21 Adaías, Beraías e Sinrate, filhos de Simei.
22 E Ispã, Eber, Eliel,
23 Abdom, Zicri, Hanã,
24 Hananias, Elão, Antotias,
25 E Ifdéias, e Penuel, filhos de Sasaque;
26 E Sanserai, e Searias, e Atalias,
27 E Jaaresias, e Elias e Zicri, filhos de Jeroão.
28 Estes foram cabeças dos pais, segundo as suas gerações, chefes, e habitaram em Jerusalém.
29 E em Gibeão habitou o pai de Gibeão; e era o nome de sua mulher Maaca;
30 E seu filho primogênito, Ab-dom; depois Zur, e Quis, Baal, e Nadabe,
31 E Gedor, Aiô, e Zequer,
32 E Miclote gerou a Siméia; e também estes, defronte de seus irmãos, habitaram em Jerusalém com eles.
33 E Ner gerou a Quis, e Quis gerou a Saul; e Saul gerou a Jônatas, a Malquisua, a Abinadabe, e a Esbaal.
34 E filho de Jônatas foi Meribe-Baal; e Meribe-Baal gerou a Mica.
35 E os filhos de Mica foram: Pitom, Meleque, Tareá, e Acaz.
36 E Acaz gerou a Jeoada; e Jeoada gerou a Alemete, e a Azmavete, e a Zinri; e Zinri gerou a Moza,
37 E Moza gerou a Bineá, cujo filho foi Rafa, de quem foi filho Eleazá, cujo filho foi Azel.
38 E teve Azel seis filhos, e estes foram os seus nomes: Azricão, Bocru, Ismael, Searias, Obadias, e Hanã; todos estes foram filhos de Azel.
39 E os filhos de Ezeque, seu irmão: Ulão, seu primogênito, Jeús o segundo e Elifelete o terceiro.
40 E foram os filhos de Ulão homens heróis, valentes, e flecheiros destros; e tiveram muitos filhos, e filhos de filhos, cento e cinqüenta; todos estes foram dos filhos de Benjamim.

quarta-feira, 13 de junho de 2012


Todo Dia Com Jesus

Atos 7:1-19

Quando o sumo sacerdote lhe dá a palavra, Estêvão não aproveita a oportunidade para defender-se das falsas acusações. O Espírito Santo, que o preenche, ensina-lhe "na mesma hora" o que dizer (Lucas 12:11-12). Ele se serve da história de Israel para mostrar os caminhos de Deus e Sua a fidelidade, e expor ao mesmo tempo a infidelidade do Seu povo. Aliás, esse relato, que ocupa um lugar relevante na Palavra de Deus, contém, sob a forma de "figuras", vários ensinos destinados a servir de advertência (1 Coríntios 10:11).
"Abraão, quando chamado, obedeceu" (Hebreus 11:8). Pela fé, ele se tinha apoderado das promessas que Deus lhe havia feito antes do nascimento de Isaque. Seus descendentes deviam morar algum tempo no Egito, submetendo-se ao jugo da escravidão, para depois sair desse país e servir a Jeová na terra prometida. No versículo 7, Estêvão cita: "E depois disto sairão daí e me servirão" - era uma palavra muito apropriada para alcançar a consciência desse povo desobediente e rebelde.
A história de José, rejeitado por seus irmãos mas exaltado por Faraó, ilustra de forma notável o ódio dos judeus contra Cristo, bem como a gloriosa posição que Deus Lhe conferiu depois de tê-LO livrado de "todas as suas aflições" (v. 10).

Deus e o Destino do Homem

Antes que os montes nascessem e se formassem a terra e o mundo, de eternidade a eternidade, tu és Deus” (Salmo 90.2).
Eternidade. O que significa essa palavra e por que motivo alguém deveria aceitar esse conceito, principalmente no que se refere ao destino do homem? Sabemos por experiência própria, e através da observação da natureza, que as coisas materiais se deterioram. A Segunda Lei da Termodinâmica nos diz que todo o universo está se desgastando, como um relógio que está perdendo a corda, e não vai durar para sempre. Portanto, é óbvio que ele teve um princípio, exatamente como diz a Bíblia.
Sabemos que o Sol não esteve sempre no céu, ou já teria consumido completamente todo o seu combustível. O mesmo vale para todas as outras estrelas. Fica claro, então, que houve uma época em que este universo não existia; nada existia, nem mesmo a energia da qual o universo parece ser constituído.
Por que o universo não poderia ter sua origem em alguma misteriosa energia cósmica que sempre existiu, sem ter tido um começo? Por causa da Segunda Lei da Termodinâmica, a lei da entropia. A energia não poderia ter existido desde sempre, desenvolvendo-se rumo a um “Big Bang” (“Grande Explosão”) que teria criado as estrelas e os planetas. Ela teria sofrido entropia antes de “explodir” – e explosões não criam ordem. Se o universo tivesse existido para sempre, agora tudo deveria ter a mesma temperatura: o calor sempre é transmitido para algo mais frio.
Além disso, a energia não tem nem intelecto, nem qualidades pessoais para fazer surgir a incrível complexidade da vida e para criar seres com personalidade própria. Inteligência e personalidade são imateriais e não poderiam ter sido geradas posteriormente a partir da energia ou da matéria e, portanto, devem tê-la precedido.
Não alguma força, mas um Ser pessoal de inteligência infinita e sem começo deve ter criado o universo. Não se trata da “causa original” da filosofia ou dos “deuses” do paganismo, que mudam, seguem seus caprichos e competem entre si. O Criador somente pode ser o “Eu Sou” que revelou a Si mesmo a Moisés na sarça ardente (Êxodo 3.14), o Auto-Existente sem começo e sem fim, de quem a Bíblia diz: “de eternidade a eternidade, tu és Deus” (Salmo 90.2).
Tudo que podemos ver – seja a olho nu, com um telescópio ou através de um microscópio eletrônico – veio do nada.
É óbvio que o intelecto e a personalidade são inteiramente diferentes da matéria e não são a substância constitutiva dela. Portanto, o universo não faz parte de Deus e nem é uma extensão dEle. Isso significa que tudo que podemos ver – seja a olho nu, com um telescópio ou através de um microscópio eletrônico – veio do nada. Isso é impossível, mas somos levados a essa conclusão pela própria lógica. Contudo, imaginar que a vida e a inteligência brotaram espontaneamente, por sua própria iniciativa e poder, do espaço morto e vazio, seria algo totalmente irracional. Portanto, alguma coisa diferente do universo e de seus componentes deve ter existido sempre.
Não alguma coisa, mas Alguém, sem início nem fim. Por que Alguém? Porque o universo, desde a estrutura atômica até uma célula humana, exibe uma ordem e uma complexidade tão extraordinárias que só uma inteligência infinita poderia ter planejado e executado – e nenhuma coisa, ou força, ou “poder superior” tem a capacidade de pensar, planejar e organizar. Além disso, a espécie humana é composta de personalidades individuais que têm a capacidade de conceber idéias conceituais, expressá-las em palavras ou desenhos e transformá-las em intrincadas estruturas que não existem na natureza. Os seres humanos também têm a capacidade de sentir amor e ódio, alegria e tristeza, perceber a justiça e a injustiça, e raciocinar sobre sua própria existência e destino.
Só uma Pessoa infinita poderia criar pessoas. Portanto, as evidências e a lógica nos levam a concluir que este universo só poderia ter começado a existir sob o comando de Alguém que não teve começo; Alguém que sempre existiu e que possui o gênio e o poder infinitos para trazer à existência todas as coisas e todos os seres, a partir do nada. Certamente não foi pela superstição corrente no Egito em seus dias, mas por revelação divina que Moisés declarou: “Antes que [...] se formassem a terra e o mundo [...] de eternidade a eternidade, tu és Deus [...] mil anos, aos teus olhos, são como o dia de ontem que se foi, e como a vigília da noite” (Salmo 90.2,4).
Este não é o deus do paganismo, das religiões indígenas, ou de qualquer uma das grandes religiões do mundo, tais como o budismo (pouquíssimos budistas acreditam em Deus), o hinduísmo, o islamismo e muitas outras, mas sim o Deus da Bíblia que, do modo como é descrito nas Escrituras, qualifica-se de forma única e singular para ser o Criador de todas as coisas. Não consideramos o cristianismo como sendo uma das religiões do mundo, mas sim como algo inteiramente distinto de todas elas.
No princípio, criou Deus os céus e a terra.
A Bíblia jamais tenta provar a existência de Deus. Ela simplesmente a toma como um fato. Ela também não tenta explicar o que está além da nossa capacidade de compreensão. A Escritura simplesmente declara, no primeiro versículo: “No princípio, criou Deus os céus e a terra” (Gênesis 1.1). Em gratidão ao Deus que o criou, o rei Davi afirmou: “Graças te dou, visto que por modo assombrosamente maravilhoso me formaste; as tuas obrassão admiráveis, e a minha alma o sabe muito bem” (Salmo 139.14).
A ciência não foi, nem jamais será capaz de verificar, refutar ou aperfeiçoar essa declaração. Não podemos compreendê-la, mas devemos aceitá-la pela fé. Aqui temos um exemplo do que é a fé: um passo que nada tem de irracional, mas sim uma trajetória racional que pondera as evidências e segue a lógica até o ponto em que a razão consegue alcançar, e depois dá mais um passo além da razão, mas sempre na direção e no sentido que as evidências e a razão indicaram.
A Bíblia expressa esse princípio da seguinte forma: “Pela fé entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das coisas que não aparecem” (Hebreus 11.3). Alguns autores já disseram que essa foi a primeira formulação da teoria atômica. Não, isso não é teoria; é a afirmação de um fato nas palavras do próprio Deus. No entanto, temos de ter o cuidado de não ler nesse versículo mais do que ele realmente diz. Ele não diz que tudo foi formado de algo invisível. Ele não diz, igualmente, que o universo foi formado de alguma coisa.
O que Hebreus 11.3 nos diz é que o universo visível não foi feito de algo visível, pois isso implicaria dizer que alguma coisa visível sempre existiu e que o universo foi simplesmente fabricado com os materiais disponíveis. Mas ele não poderia ter sido criado dessa forma, porque não existe nada visível que seja eterno. Na verdade, o universo foi criado pela Palavra de Deus: “Disse Deus: Haja [...]” (Gênesis 1.3,6,9, e outros), e tudo que é visível passou a existir em obediência à Sua Palavra. Essa mesma Palavra que criou e sustenta todas as coisas falará novamente, e tudo que é visível na velha criação se dissolverá e tornará ao nada: “Ora, os céus que agora existem e a terra, pela mesma palavra, têm sido entesourados para fogo, estando reservados para o Dia do Juízo e destruição dos homens ímpios” (2 Pedro 3.7).
Muito antes da formulação da Segunda Lei da Termodinâmica, Jesus afirmou muito claramente: “Passará o céu e a terra” (Mateus 24.35). Entretanto, o universo não está destinado, simplesmente, a se desgastar devido à passagem de incontáveis bilhões de anos. Sob a inspiração do Espírito Santo, Pedro explicou que toda a vida existente na face da terra será sumariamente eliminada e o universo inteiro será destruído por Deus como castigo pela rebelião do homem e de Satanás. Em seu lugar, será criado um novo universo: “[No] Dia do Juízo [...] os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas [...] os céus, incendiados, serão desfeitos [...] Nós, porém, segundo a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, nos quais habita justiça” (2 Pedro 3.7-13).
A palavra “céus” é usada de duas formas na Escritura: significando tudo o que há de físico no espaço dimensional exterior à terra, e referindo-se à habitação imaterial de Deus, que Jesus indicou quando disse: “Na casa de meu Pai há muitas moradas” (João 14.2). Um significado refere-se a algo visível e temporal, enquanto o outro fala de algo invisível e eterno. Este universo visível e temporário não é tudo o que existe. Há uma outra dimensão de existência que não é física nem visível – e que não se desgasta nem envelhece com a passagem do tempo, não pode ser destruída e jamais deixará de existir. (Dave Hunt -http://www.chamada.com.br)
Dave Hunt Devido a suas profundas pesquisas e sua experiência em áreas como profecias, misticismo oriental, fenômenos psíquicos, seitas e ocultismo, realiza muitas conferências nos EUA e em outros países, também sendo entrevistado freqüentemente no rádio e na televisão. Começou a escrever em tempo integral após trabalhar por 20 anos como consultor em Administração e na direção de várias empresas. Dave Hunt escreveu mais de 20 livros com vendas totais que passam dos 3.000.000 de exemplares.

1 Crônicas 7


1 E QUANTO aos filhos de Issacar, foram: Tola, Pua, Jasube e Sinrom, quatro.
2 E os filhos de Tola foram: Uzi, Refaías, Jeriel, Jamai, Ibsão e Semuel, chefes das casas de seus pais, descendentes de Tola, homens valentes nas suas gerações; o seu número, nos dias de Davi, foi de vinte e dois mil e seiscentos.
3 E o filho de Uzi: Izraías; e os filhos de Izraías foram: Mical, Obadias, Joel e Issias; todos estes cinco chefes.
4 E houve com eles nas suas gerações, segundo as suas casas paternas, em tropas de guerra, trinta e seis mil; porque tiveram muitas mulheres e filhos.
5 E seus irmãos, em todas as famílias de Issacar, homens valentes, foram oitenta e sete mil, todos contados pelas suas genealogias.
6 Os filhos de Benjamim foram: Belá, e Bequer, e Jediael, três.
7 E os filhos de Belá: Esbom, e Uzi, e Uziel, e Jerimote, e Iri, cinco chefes da casa dos pais, homens valentes que foram contados pelas suas genealogias, vinte e dois mil e trinta e quatro.
8 E os filhos de Bequer: Zemira, Joás, Eliezer, Elioenai, Onri, Jerimote, Abias, Anatote, e Alemete; todos estes foram filhos de Bequer.
9 E foram contados pelas suas genealogias, segundo as suas gerações, e chefes das casas de seus pais, homens valentes, vinte mil e duzentos.
10 E foi o filho de Jediael, Bilã; e os filhos de Bilã foram Jeús, Benjamim, Eude, Quenaaná, Zetã, Társis e Aisaar.
11 Todos estes filhos de Jediael foram chefes das famílias dos pais, homens valentes, dezessete mil e duzentos, que saíam no exército à peleja.
12 E Supim, e Hupim, filhos de Ir, e Husim, dos filhos de Aer.
13 Os filhos de Naftali: Jaziel, e Guni, e Jezer, e Salum, filhos de Bila.
14 Os filhos de Manassés: Asriel, que a mulher de Gileade gerou (porém a sua concubina, a síria, gerou a Maquir, pai de Gileade;
15 E Maquir tomou a irmã de Hupim e Supim por mulher, e era o seu nome Maaca), e foi o nome do segundo Zelofeade; e Zelofeade teve filhas.
16 E Maaca, mulher de Maquir, deu à luz um filho, e chamou-o Perez; e o nome de seu irmão foi Seres; e foram seus filhos Ulão e Raquém.
17 E o filho de Ulão, Bedã; estes foram os filhos de Gileade, filho de Maquir, filho de Manassés.
18 E quanto à sua irmã Hamolequete, teve a Is-Hode, a Abiezer, e a Maalá.
19 E foram os filhos de Semida: Aiã, Siquém, Liqui, e Anião.
20 E os filhos de Efraim: Sutela, e seu filho Berede, e seu filho Taate, e seu filho Elada e seu filho Taate.
21 E seu filho Zabade, e seu filho Sutela, e Ezer, e Elade; e os homens de Gate, naturais da terra, os mataram, porque desceram para tomar os seus gados.
22 Por isso Efraim, seu pai, por muitos dias os chorou; e vieram seus irmãos para o consolar.
23 Depois coabitou com sua mulher, e ela concebeu, e teve um filho; e chamou-o Berias; porque ia mal na sua casa.
24 E sua filha foi Seerá, que edificou a Bete-Horom, a baixa e a alta, como também a Uzém-Seerá.
25 E foi seu filho Refa, e Resefe, de quem foi filho Tela, de quem foi filho Taã,
26 De quem foi filho Ladã, de quem foi filho Amiúde, de quem foi filho Elisama,
27 De quem foi filho Num, de quem foi filho Josué.
28 E foi a sua possessão e habitação Betel e os lugares da sua jurisdição; e ao oriente Naarã, e ao ocidente Gezer e os lugares da sua jurisdição, e Siquém e os lugares da sua jurisdição, até Gaza e os lugares da sua jurisdição;
29 E do lado dos filhos de Manassés, Bete-Seã e os lugares da sua jurisdição, Taanaque e os lugares da sua jurisdição, Megido e os lugares da sua jurisdição, Dor e os lugares da sua jurisdição; nestas habitaram os filhos de José, filho de Israel.
30 Os filhos de Aser foram: Imná, Isvá, Isvi, Berias, e Sera, irmã deles.
31 E os filhos de Berias: Heber e Malquiel; este foi o pai de Birzavite.
32 E Heber gerou a Jaflete, e a Somer, e a Hotão, e a Suá, irmã deles.
33 E foram os filhos de Jaflete: Pasaque, e Bimal e Asvate; estes foram os filhos de Jaflete.
34 E os filhos de Semer: Ai, Roga, Jeubá, e Arã.
35 E os filhos de seu irmão Helém: Zofa, e Imna, e Seles, e Amal.
36 Os filhos de Zofa: Suá, e Harnefer, e Sual, e Beri, e Inra,
37 Bezer, Hode, Samá, Silsa, Itrã, e Beera.
38 E os filhos de Jeter: Jefoné, Pispa e Ara.
39 E os filhos de Ula: Ará e Haniel e Rizia.
40 Todos estes foram filhos de Aser, chefes das casas paternas, homens escolhidos e valentes, chefes dos príncipes, e contados nas suas genealogias, no exército para a guerra; foi seu número de vinte e seis mil homens.

Doações para manutenção

Banco Bradesco
Ag. 1804-0 c/c 00585785

Banco Bradesco
Ag.1804-0 conta poupança 1008973-5