terça-feira, 29 de novembro de 2016

Todo Dia Com Paz

Ó Deus, tu és o meu Deus; de madrugada te buscarei; a minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água
(Salmo 63:1).

O OXIGÊNIO DOS FILHOS DE DEUS

Uma pequena aranha de zonas pantanosas, argyroneta aquatica, é a única espécie que vive permanentemente debaixo da água como um mergulhador. Ali, entre as plantas aquáticas, tece uma espécie de tenda impermeabilizada cheia de ar. Essa aranha da água, sobe à superfície regularmente para ir buscar oxigênio em forma de pequenas bolhas que transporta nos pelos hidrófugos de seu abdômen.
Desse modo enche de ar seu habitat subaquático onde vive e se reproduz.
Crentes, tomemos o exemplo deste pequeno aracnídeo. Somos chamados a viver, a trabalhar, a criar nossos filhos em um mundo onde a atmosfera espiritual é irrespirável. A Bíblia nos diz que o mundo está submerso no maligno (1 João 5:19).
Para sobreviver em um ambiente assim, necessitamos subir regularmente à superfície, a fim de renovar a provisão de ar celestial, sem o qual nos asfixiamos. A leitura regular da Bíblia e a oração nos permitem manter nosso relacionamento com o céu. Se nos falta este "oxigênio" celestial, nossa alma corre o risco de se enfraquecer, pois necessita disso constantemente. Inclusive antes de começar nossas atividades diárias, tomemos o tempo que for necessário para alimentar nossa alma com a Palavra de Deus. As reuniões cristãs, centradas no Senhor Jesus (Mateus 18:20), também são lugares onde podemos encontrar "reservas de oxigênio".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doações para manutenção

Banco Bradesco
Ag. 1804-0 c/c 00585785

Banco Bradesco
Ag.1804-0 conta poupança 1008973-5