domingo, 2 de outubro de 2016

Devocional Diário CHARLES SPURGEON

Versículo do dia: A esperança que vos está preservada nos céus. (Colossenses 1.5)

Nossa esperança em Cristo quanto ao futuro é a principal fonte de nossa alegria neste mundo. Esta esperança estimula o nosso coração a pensar frequentemente no céu, pois tudo o que podemos desejar é garantido ali. Neste mundo, sentimos cansaço e fadiga; o céu, porém, é um lugar de descanso onde o suor do trabalho não mais umedecerá a fronte do trabalhador e a fadiga será banida para sempre. Aos cansados, a palavra “descanso” é plena de céu. Agora, estamos sempre no campo de batalha. Somos tão provados no íntimo e tão molestados no exterior, que temos pouco tempo para descansar. Mas no céu, desfrutaremos a vitória, quando a bandeira for levantada nas alturas em triunfo, e a espada embainhada, ouviremos o Capitão dizer: “Muito bem, servo bom e fiel” (Mateus 25.21). Ternos sofrido ininterruptas perdas de entes queridos, mas estamos indo à pátria dos imortais, onde os sepulcros são desconhecidos. Neste mundo, o pecado é uma aflição constante para nós. No céu, porém, seremos perfeitamente santos. Nada que corrompe entrará naquele Reino. A erva venenosa não pode brotar nos sulcos dos campos celestiais. Que alegria é o fato de que você não ficará banido para sempre, que você não permanecerá eternamente neste deserto e que em breve herdará a Canaã! No entanto, os homens não devem dizer a nosso respeito que estamos sonhando quanto ao futuro e esquecendo o presente. O futuro deve santificar o presente, conduzindo-nos a propósitos sublimes. Por intermédio do Espírito de Deus, a esperança do céu é a força mais poderosa para o fruto da virtude. É urna fonte de empenho jubiloso. É a pedra angular da santidade estimulante. O homem que tem esta esperança sai para trabalhar bastante disposto, porque a alegria do Senhor é a sua força! Ele combate a tentação com ardor, visto que a esperança do mundo por vir repele os dardos inflamados do adversário. Ele pode trabalhar sem recompensa presente, porque anela urna recompensa no mundo vindouro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doações para manutenção

Banco Bradesco
Ag. 1804-0 c/c 00585785

Banco Bradesco
Ag.1804-0 conta poupança 1008973-5