sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Todo Dia Com Paz

O povo que andava em trevas viu uma grande luz, e sobre os que habitavam na região da sombra de morte resplandeceu a luz.  
Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida
(Isaías 9:2; João 8:12).

HAJA LUZ

"Haja luz" (Gênesis 1:3); esse foi um ato na criação, a primeira palavra de Deus dirigida a uma terra submersa em trevas. Então a luz começou a brilhar. Sem ela não existiria vida. Deus separou o dia da noite; e este foi o primeiro dia da criação. Muitos séculos mais tarde, a luz se encarnou na pessoa de Jesus, que nasceu em um estábulo em Belém. Era Emanuel, que significa "Deus conosco". Era a Palavra criadora. "Nele, estava a vida e a vida era a luz dos homens? Ali estava a luz verdadeira, que alumia a todo homem que vem ao mundo" (João 1:4 e 9). Essa luz se manifestou em graça e verdade, tomando a forma de um corpo em Jesus Cristo. Este nascimento foi o segundo grande dia da humanidade.
O terceiro grande dia é o da vitória de Jesus Cristo na cruz sobre a morte, o pecado e o diabo, depois das três horas mais escuras da História, quando levou sobre si mesmo o pecado do homem e suportou o juízo da parte de Deus (Mateus 27:45). Após Seu brado de vitória, "Consumado está" (João 19:30), a luz brilhou novamente. Três dias depois raiou a gloriosa manhã da ressurreição; a tumba estava aberta e vazia: Jesus Cristo ressuscitou! Esta é a luz espiritual para todo aquele que crê, "como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito" (Provérbios 4:18).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doações para manutenção

Banco Bradesco
Ag. 1804-0 c/c 00585785

Banco Bradesco
Ag.1804-0 conta poupança 1008973-5