terça-feira, 27 de junho de 2017

Um refúgio para os desamparados

Versículo do dia: Como é grande a tua bondade… para com os que em ti se refugiam! (Salmo 31.19)

A experiência da graça futura muitas vezes depende do fato de se nos refugiamos em Deus ou se duvidamos dos seus cuidados e corremos para a cobertura de outros abrigos.
Para aqueles que se refugiam em Deus, as promessas da graça futura são muitas e ricas.
  • Dos que nele confiam nenhum será condenado (Salmo 34.22).
  • Ele é escudo para todos os que nele se refugiam. (2 Samuel 22.31).
  • Bem-aventurados todos os que nele se refugiam (Salmo 2.12).
  • O SENHOR é bom, é fortaleza no dia da angústia e conhece os que nele se refugiam (Naum 1.7).
Não obtemos ou merecemos nada ao nos refugiarmos em Deus. Esconder-se em algo não contribui em nada para o esconderijo. Tudo o que isso faz é demonstrar que consideramos a nós mesmos como desamparados e ao refúgio como um lugar de socorro.
A condição que nós devemos atender para ter essa graça não é meritória; é a condição do desespero e do reconhecimento da fraqueza e necessidade.
A miséria não exige ou merece; ela suplica por misericórdia e busca por graça.

Por: John Piper. © Desiring God – Solid Joys
Original: 27 de junho – Um refúgio para os desamparados.  © 2017 Ministério Fiel. Todos os direitos reservados. Website: MinisterioFiel.com.br. Tradução: Camila Rebeca Almeida. Revisão: Vinicius Musselman. Narração: Emílio Garofalo Neto.
Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato ou canal, desde que adicione um link para esta postagem, não altere o conteúdo original e não venda o material ou acesso ao material.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doações para manutenção

Banco Bradesco
Ag. 1804-0 c/c 00585785

Banco Bradesco
Ag.1804-0 conta poupança 1008973-5