sábado, 11 de fevereiro de 2017

A melhor forma de escravidão

Versículo do dia: Porque o que foi chamado no Senhor, sendo escravo, é liberto do Senhor; semelhantemente, o que foi chamado, sendo livre, é escravo de Cristo. (1Coríntios 7.22)
Eu poderia esperar que Paulo trocasse os lugares de “Senhor” e “Cristo”.
Ele relaciona nossa libertação com Jesus como nosso Mestre (“liberto do Senhor”), e relaciona nossa nova escravidão com Jesus como nosso Messias (“escravo de Cristo”). Mas, de fato, o Messias veio para libertar seu povo daqueles que lhes escravizavam; e os mestres controlam a vida das pessoas.
Por que Paulo fala assim? Sugestão: A troca tem dois efeitos sobre a nossa nova liberdade e dois efeitos sobre a nossa nova escravidão.
Ao nos chamar de “libertos do Senhor”, ele protege e limita nossa nova liberdade:
  1. O senhorio de Jesus está sobre todos os outros senhores; então nossa libertação é incontestável — segura.
  2. Porém, livres de todos os outros senhores, não somos livres dele. Nossa liberdade é misericordiosamente limitada.
Ao nos chamar de “escravos de Cristo”, ele afrouxa e suaviza nossa escravidão:
  1. O Messias reivindica para si mesmo trazê-los dos confins do cativeiro para os lugares espaçosos da paz: “para que se aumente o seu governo, e venha paz sem fim” (Isaías 9.7).
  2. E o Messias os faz seus, para dar-lhes a mais doce alegria: “Eu […] o saciaria com o mel que escorre da rocha” (Salmo 81.16); e essa Rocha é Cristo.
Por: John Piper. © Desiring God – Solid Joys
Original: 11 de Fevereiro – A melhor forma de escravidão. © 2017 Ministério Fiel. Todos os direitos reservados. Website: MinisterioFiel.com.br. Tradução: Camila Rebeca Almeida. Revisão: Vinicius Musselman. Narração: Emílio Garofalo Neto.
Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato ou canal, desde que adicione um link para esta postagem, não altere o conteúdo original e não venda o material ou acesso ao material.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doações para manutenção

Banco Bradesco
Ag. 1804-0 c/c 00585785

Banco Bradesco
Ag.1804-0 conta poupança 1008973-5